quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Lula dá a entender que Marina representa a continuidade do seu governo

JB Online

RIO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sugeriu, em entrevista à rádio Verdes Mares AM, em Fortaleza (CE), que a pré-candidata à Presidência da República pelo PV, Marina Silva, representa a continuidade de seu governo. Lula confessou que a eleição vai ser disputada, mas destacou Marina, Ciro Gomes e Dilma Roussef, como representantes de um momento rico na política brasileira.

- Se a disputa se der entre Ciro (Gomes, PSB) e Dilma, se a disputa der entre Marina (Silva, PV), Dilma e Ciro, eu acho que já é um avanço extraordinário para o Brasil. O que nós precisamos é fazer o povo brasileiro compreender que você não pode arriscar a votar em alguém que não dê continuidade às coisas que estão sendo feitas neste País - justificou Lula.

Marina Silva foi uma das fundadoras do PT, partido no qual se filiou em 1986. Depois de ser vereadora, senadora, deputada estadual, virou Ministra do Meio Ambiente no governo Lula, em 2003. Como ministra, entrou em conflito com os governadores de Mato Grosso e de Rondônia, além de ter enfrentado divergências com a Chefe da Casa Civil, Dilma Roussef. Por não conseguir sustentar sua bandeira ambiental, Marina pediu demissão em 2008. Após um ano de lutas internas no PT, em agosto de 2009, resolveu sair do partido e se filiou ao Partido Verde (PV).

Lula disse que a ministra-chefe da Casa Civil e pré-candidata do PT, Dilma Roussef, deverá escolher quem será seu vice. Apesar da disputa, o presidente apostou na base do governo como vitoriosa:

- Eu confesso que vai ser uma eleição disputada. Acho que nós vamos disputar as eleições em um momento muito bom e eu penso que a base do governo vai ganhar as eleições - apostou.

Enviar para o Twitter

0 comentários: