terça-feira, 15 de setembro de 2009

Farmacêutico na farmácia será realidade em Rio Branco, afirmam órgãos legais

A presença de farmacêuticos em farmácias e drogarias da capital acriana será realidade a partir de fevereiro de 2010, quando entram em vigor as novas regras da Anvisa, afirma Vigilância Sanitária de Rio Branco e o Conselho Regional de Farmácias de Rondônia e Acre com sede em Porto Velho.

Em todo o país afora, a presença de farmacêutico durante todo o horário do funcionamento da empresa já é realidade. No Acre, apenas três, das 123 farmácias e drogarias, mantêm profissionais no atendimento ao público.

Farmacêutico Geraldo Selhorst da Drogaria Globo. Há três anos presta atendimento ao público


Segundo o diretor da Vigilância Sanitária Municipal, Edson Carneiro Costa, os fiscais da Prefeitura estão preparados para exigir o cumprimento das novas regras estabelecidas pela resolução RDC 44/09 (em PDF). Dentre muitas das novas medidas, a presença de farmacêutico na farmácia e a proibição da venda de doces, cartões telefônicos e refrigerantes estão previstas.

De acordo com a presidente do Conselho Regional de Farmácia (Rondônia e Acre), Ana Cauda, um Termo de Ajuste de Conduta – TAC – autorizado pelo Ministério Público permite, atualmente, que farmacêuticos trabalhem duas horas diárias, situação que muda no próximo ano.

Enviar para o Twitter

0 comentários: