sábado, 22 de agosto de 2009

SP, RJ e DF protestam contra permanência de Sarney


Sydney Munn

Caras pintadas, nariz de palhaço e caixas de pizza fizeram parte das manifestações deste sábado


Protestos organizados pela internet contra José Sarney marcaram o sábado em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Na capital paulista, cerca de 300 estudantes participam de uma manifestação contra a permanência de Sarney na presidência do Senado.


Após reunirem-se no vão livre do Masp, na Avenida Paulista, os manifestantes seguiram em passeata. Muitos utilizavam a cara pintada, relembrando o movimento contra o ex-presidente Fernando Collor.


O grupo ficou reunido por cerca de meia hora no edifício Solar de Vila América, na Alameda Franca, onde Sarney possui 3 apartamentos. Na capital federal, cerca de 35 estudantes protestaram por cerca de uma hora em frente à residência de José Sarney, no Lago Sul, em Brasília, com nariz de palhaço, caixas de pizza, panelas e colheres de pau.


Sarney não estava em casa, mas cinco viaturas da Polícia Militar e seguranças do Senado acompanharam o protesto, que ocorreu sem nenhum problema.


No Rio de Janeiro, a manifestação ocorreu no Flamengo, em frente à casa do Presidente do Conselho de Ética, senador Paulo Duque. Três caixas de pizza vazias foram deixadas no chão de mármore da entrada do prédio. Com faixas, panelas, apitos e um carro de som, o grupo ficou no local por uma hora e meia. O comando do 2.º Batalhão da PM mandou 8 policiais armados de fuzis, que pediram aos manifestantes que não ocupassem a calçada do prédio e que desligassem o carro de som.


Jovem Pan

Enviar para o Twitter

0 comentários: