sexta-feira, 29 de maio de 2009

Novo Enem terá 180 questões em dois dias de exame

O novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá neste ano 180 questões, divididas em quatro áreas de conhecimento. A previsão inicial era de que a prova tivesse 200 questões. Serão dois dias de exame, com dez horas no total.


Pelas regras, a participação na prova também servirá como certificação de conclusão do ensino médio. Além de ser usado para a seleção do ProUni - programa que distribui bolsas de estudo a alunos carentes na rede particular de ensino superior -, o novo Enem vai substituir o vestibular de algumas universidades federais.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pela elaboração da prova, alterou o número de questões de 200 para 180. Porém, isso não foi suficiente para que alunos e coordenadores de cursinhos considerassem o exame menos cansativo. Neste ano, o Inep estima receber cerca de 6 milhões de inscritos, 2 milhões a mais do que em 2008. O número está baseado na procura de estudantes da rede particular de ensino, interessados em concorrer às vagas das universidade federais.

Podem prestar o exame alunos que estejam no terceiro ano do ensino médio e os que já concluíram os estudos em anos anteriores, além dos que cursaram a Educação de Jovens e Adultos (EJA). As inscrições começam no dia 15 de junho e só poderão ser feitas pela internet. As provas, que serão aplicadas nos dias 3 e 4 de outubro, terão caráter voluntário. Somente a partir do próximo ano é que os Estados podem definir pela obrigatoriedade do exame. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Notícias relacionadas:








Enviar para o Twitter

0 comentários: