domingo, 14 de março de 2010

Membros do Daime e vizinhos de Glauco temem volta do assassino de cartunista

Assassino de Glauco teria feito telefonema para viúva após o crime.Ela teria saído de imóvel em Osasco e foi para casa de parentes, diz amiga.
Após a tristeza pela perda do cartunista Glauco Villas Boas, 53 anos, e do filho dele, Raoni Villas Boas, de 25 anos, mortos a tiros na sexta-feira (12) em Osasco, na Grande São Paulo, os membros da Igreja Céu de Maria, adepta do Santo Daime, passaram a conviver com o medo. A jornalista Nancy Antonia Corrente, vizinha e integrante da seita religiosa da qual Glauco era fundador, afirmou que as famílias temem o retorno do assassino e pedem reforço na segurança por parte da polícia.

Leia no G1

Enviar para o Twitter

0 comentários: