sexta-feira, 8 de maio de 2009

ANVISA perde amostra de paciente com suspeita de gripe suína em Rondônia

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) perdeu as amostras de sangue de uma paciente menor de idade que desembarcou na madrugada de terça-feira em Rondônia com suspeitas da gripe suína. Ela e a mãe, Viliane da Silva Aguiar, 24, vieram de Madri e foram liberadas em Brasília, após passar por uma triagem médica. Por esse motivo não foi possível divulgar hoje se a menina tem ou não o vírus Influenza H1N1. E nem será possível nos próximos dias porque Rondônia não recebeu ainda os kits de exames do Ministério da Saúde.
As informações foram conhecidas nesta sexta-feira pelo secretário de Estado de Saúde, Milton Moreira, durante inauguração da ala de isolamento do Centro de Medicina de Doenças Tropicais (Cemetron) em Porto Velho. O local é tem 12 leitos com o sistema de ventilação e foram investidos R$ 2,3 milhões na obra.
Na solenidade, o governador Ivo Cassol mais uma vez criticou o prefeito da capital. Para o chefe do Executivo, o município não está fazendo a sua parte e que a saúde em Porto Velho está funcionando às custas do estado. Cassol disse ainda que os hospitais da capital não estariam lotados se houvesse um hospital municipal para atender a população.
Dados feitos pela OMS (Organização Mundial de Saúde) apontam que um terço da população será atingido pelo vírus.
Apesar desses dados, o secretário disse que o Brasil está preparado para combater a doença, bem como o estado que recebeu 20 kits antivirais para o combate da doença.

Fonte e autor: RONDONIAGORA.COM

Enviar para o Twitter

0 comentários: