sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Retenção de receitas de antibióticos começa neste domingo, 28


Até abril, não haverá sistema de controle

A partir deste domingo, 28, as drogarias e farmácias brasileiras devem se adequar as novas regras da Anvisa (Agência nacional de Vigilância Sanitária) quanto à obrigatoriedade de retenção de receitas médicas na venda de antibióticos. A partir desta data, os médicos devem prescrever os antimicrobianos em receituário carbonato de duas vias – uma ficará retida na drogaria ou farmácia e a outra fica com o paciente.

De acordo a Anvisa o controle efetivo dos medicamentos antimicrobianos só ocorrerá de fato a partir de abril de 2011, através da internet pelo Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados – SNGPC – ou mesmo manualmente pelo antigo livro de controle farmacêutico. Antes de abril, a obrigatoriedade será apenas de guardar as receitas, depois disso, cada venda será informada às autoridades sanitárias. O nome do comprador, do médico e dos medicamentos vendidos serão enviados pelo farmacêutico para Anvisa.

As farmácias e hospitais públicos também obedecerão às mesmas regras e datas.
.
Até abril de 2011, o único controle que as autoridades sanitárias terão sobre as vendas de antibióticos será o bom senso de médicos, pacientes, hospitais, farmácias e drogarias. Pois, até lá não haverá obrigatoriedade de controle de estoques de medicamentos. É o prazo que a Anvisa espera que a indústria farmacêutica e ciclo final de vendas se adéquem à nova realidade.
.

Leia também:

Enviar para o Twitter

0 comentários: