terça-feira, 25 de maio de 2010

Anvisa proíbe medicamentos na fronteira e colabora para consumo de produtos bolivianos

Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil proibidas de vender remédios controlados

Em uma operação conjunta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa -, Vigilância Sanitária Estadual e Polícia Federal realizada nesta terça-feira, 25, nos municípios acrianos de Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil os brasileiros da fronteira receberam incentivo para consumo de medicamentos controlados fornecidos pela Bolívia.

O motivo é que todas as drogarias da fronteira tiveram a venda dos remédios psicotrópicos apreendidos ou lagrados, até mesmo drogarias legalizadas, com autorização de funcionamento fornecido pela própria Anvisa e com acesso ao sistema de controle via internet foram proibidas de vender.

Agora os brasileiros que dependem da medicação especial terão que recorrer ao risco de consumir drogas bolivianas.

Até o momento, a Anvisa não divulgou os resultados da operação, por tanto, os motivos da proibição ainda são desconhecidos.

Enviar para o Twitter

0 comentários: