sexta-feira, 31 de julho de 2009

Projeto Arco Íris completa 13 anos e recebe palestra de equipe do Senac



Em julho, o Projeto Arco-Íris completa 13 anos. Para comemorar a data, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – Senac- ministrou uma palestra aos internos da comunidade terapêutica nesta quinta-feira 30. O propósito é estimular a elevação da auto-estima dos internos.

Breno Cavalcante, representante do Senac, ministrou uma palestra sobre a motivação e auto-estima e mostrou vários exemplos de pessoas que tiveram a capacidade de superar obstáculos os quais pareciam intransponíveis. Usou-se o caso do jogador de futebol do Corinthians Ronaldo Fenômeno. “Quando todos anunciavam o fim da carreira dele, quando jornais, o público e até os familiares não acreditavam mais nele, Ronaldo deu a volta por cima, mostrou que, quando queremos algo, conseguimos. Basta querer”, expressou Breno.

“A pessoa que vive no mundo das drogas tem baixa auto-estima. Eles [internos] precisam de eventos como estes, que ajudam e somam. Garra e determinação para vencer é do que eles necessitam”, comenta o responsável pela monitoração dos internos, Sandro Costa, 28 anos.

“Ficamos distantes da família. Muitas vezes nos sentimos sozinhos. Essa palestra me deixou animado. Vou fazer um curso [profissionalizante], vou terminar o tratamento e ser uma nova pessoa. Se outras pessoas conseguiram, também irei vencer”, diz um jovem de 27 anos que há 100 dias está internado.

A coordenadora da casa de recuperação, Francisca Aglécia, 42 anos, fala sobre os aspectos importantes para o sucesso do tratamento. “Só existe recuperação quando o dependente químico está consciente de que necessita de ajuda. A família é codependente, por isso ela também faz parte do tratamento. E a Igreja Católica tem papel fundamental na manutenção da casa”, ressalta.

Segundo ainda Francisca Aglecia, a sociedade pode contribuir tanto com doações quanto com parcerias, como esta realizada pelo Senac. “No momento, precisamos de atendimento psicológico”.

A Comunidade Arco-Íris é uma casa terapêutica situada no quilometro 19 da estrada de Porto Acre. Voltado para a recuperação dos dependentes químicos e para a prevenção ao uso indevido de drogas, o Projeto Arco-Íris é uma iniciativa da Diocese de Rio Branco, o qual foi idealizado e implantado na época de dom Moacir, apoiado pelo então prefeito de Rio Branco Jorge Viana.

Se algum profissional ou instituição na área psicológica estejam dispostos a colaborar, é necessário contatar a Diocese de Rio Branco na Avenida Getúlio Vargas, perto do Teatrão, ou pelo telefone (68) 3228-8347.

Enviar para o Twitter

0 comentários: