quinta-feira, 16 de julho de 2009

Crimes e violência, onde está a segurança

Filosofando
Todas as quintas

Odion Monte

Sem definições sociais e governamentais, para onde caminha a humanidade? O tempo passa, e vida passa, diz-se que estamos melhorando, que a vida está caminha para um paraíso, mas essa balela é conversa de governo, de político que só ver o “eu”, e que em momento algum a sociedade é o seu principal objetivo de projeto político.

Estamos perdidos no espaço, é como se o planeta terra tivesse perdido a esfera gravitacional, e todos os corpos passassem a vagar perdidamente por um universo sem fim, é assim que se sente a sociedade nos dias de hoje, quando falo de violência, crimes e principalmente de segurança.
A vida perdeu o valor, a hora das pessoas estão totalmente abaladas, a prova maior destas afirmações são os ocorridos na Cidade de Rio Branco Acre, onde a violência e a criminalidade está sem limites, em um Estado com uma imensa área territorial, mas com uma população muito pequenas, onde o ainda não se atingiu nem um milhão de habitantes em todo o Estado, e com uma Capital com menos de trezentos mil moradores, a violência se torna insuportável, a população já não sabe mais o que fazer, nem como agir, pois se matar o bandido, vai preso por uma eternidade, enquanto o bandido mata desvairadamente, e ainda o Estado o alimenta e cuida dele, e logo em seguida o solta, sem se preocupar com a vida da população.
A violência se não fosse trágica, seria cômica, pois a falta de segurança e de respeito chegou ao limite máximo, o “ Lar dos Vicentinos” foi invadido e todos os velhos foram assaltados, e o educandário “Santa Margarida” foi invadido pelos bandidos que levaram tudo, e até o alimento das crianças, a invasão das residências, e sem se falar na “Delegacia de Polícia”, onde os assaltantes invadiram e levaram até as armas dos policiais, é mole ou quer mais. A imprensa acriana em sua já não tem mais onde relatar os crimes ocorridos, de tantos que ocorrem diariamente.

E, os governantes ainda têm o disparate de afirmar que a violência aumentou, porque a ouve crescimento, parece brincadeira, está na ora de se ter mais seriedade com a população, a falta de segurança, nos deixa a mercê dos vândalos, nos causando uma insegurança em nossas próprias residências, onde temos que nos engradar, enquanto os bandidos estão a perambulando em nossas lindas praças...


Odion Monte - contador, especialista em Filosofia Política pela Universidade de Teologia e Filosofia de Rio Branco - Acre (SINAL).É ainda, especialista em Pericia Judicial – UCG – Universidade Católica de Goiás - Bel. em Ciências Contábeis - FIRB/FAAO/AC

Enviar para o Twitter

0 comentários: