sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Por três anos seguidos, Uninorte é a pior faculdade do Acre


Ufac perde título de 'melhor' para faculdade via internet

É a terceira vez que o Ministério da Educação e Cultura (MEC) divulga o Índice Geral de Cursos (IGC) - o indicador federal que mede a qualidade no ensino superior do país, e, é também pela terceira vez consecutiva que a Uninorte ocupa a incómoda posição de último lugar.

Desta vez, a Faculdade do Acre (FAC-Uninorte) obteve a pior nota, despencando de 194 pontos no ano de 2008 para 119 pontos em 2009. A Faculdade Barão do Rio Branco (FAB-Uninorte) conquistou 33 pontos de um ano para o outro e agora soma 166, contudo, o avanço foi insuficiente para tirar-lhe da zona de ensino insatisfatório, a qual significa desempenho abaixo de 200. A Fab Uninorte precisaria de no mínimo 65 pontos.

A secretária de Ensino Superior do MEC, Maria Paula Dallari Bucci, alerta que o aluno não deve se impressionar com a infraestrutura. “Procure conhecer a instituição mais a fundo. Às vezes as instalações impressionam, mas é necessário ver se elas são de fato usadas no curso, quantos cursos utilizam a mesma infraestrutura e se ela é suficiente.”

O Instituto de Ensino Superior do Acre (Iesacre) - piorou depois de deixar precárias instalações no Parque da Maternidade e a ocupar moderna infraestrutura do grupo Uninorte. De 255 caiu para 208 pontos e caso volte a repetir mesma queda de desempenho na avalização 2010 e seus pares não melhorarem na qualidade do que ensinam, o Acre passará a ter todas as instituições de ensino presencial privado em péssimas condições. De 2007 a 2009, o Iesacre foi exceção à regra, manteve-se como a única particular na zona regular, que corresponde a faixa 3, acima de 200.

Já a Universidade Federal do Acre (Ufac) com 269 pontos perdeu o posto de melhor ensino superior do Estado para a Faculdade AIEC que obteve 312, uma instituição de aprendizagem via internet com registro em Acrelândia e sede em Brasília. Graças a instituição virtual que, agora, o Acre passa a ter pela primeira vez uma nota 4 de qualidade, em uma escala de que vai de 1 a 5.

Os resultados foram publicados nesta quinta-feira, 13, e podem ser conferidos no site oficial. Clique aqui e confira.

Leia também:

Instituto Nacional de Estudos e

Enviar para o Twitter

2 comentários:

Anônimo disse...

Ula ula!!! A Uninorte é tricampeã em péssimo ensino.

Aluno Triste disse...

Sou acadêmico da Uninorte, e realmente e lamentável uma instituição com toda infraestrutura, não investir realmente no que precisa, como professores de alto nível.
Qualquer recém formado se torna professor da Uninorte, pois a mesma se recusa a pagar bons salários para os professores.
Ademais, temos ainda a grande quantidade de alunos desinteressados, que só vão a faculdade para fazer POSE!
Professores mal remunerados + ALunos desinteressados = FRACASSO !