segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Há 4 meses, cientista político questionava se vontade dos acrianos seria respeitada


No 1º de novembro de 2010, dia seguinte a votação do Referendo do Fuso Horário, o cientista político Adão Galo escreveu ao blog Edmilson Alves mostrando preocupação quanto ao cumprimento da decisão dos acrianos de retornar ao horário anterior do Acre com duas horas de diferença de Brasília.


“E se a vontade popular não for respeitada?”, questionava o cientista. “A vontade popular expressada pelo voto deve ser respeitada num Estado democrático de direito. Fundamento democrático-liberal aplicado no nosso modelo político-constitucional. O PT no Acre já perdeu e ganhou várias eleições. Todas suas vitórias foram respeitadas. Assumiram todos os cargos representativos que lhe foram delegados pela vontade popular”, segue a análise.


Contudo, o que Galo não previa naquela ocasião seria à possibilidade de a própria Rede Globo sair da sombra de Tião Viana – de quem se utilizou primeiro para bancar seus interesses comercias – e mostrar-se publicamente como agora o faz ao ameaçar o senador Sérgio Petecão (PMN-AC), relator do parecer sobre o referendo na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.


Tendo negado outras vezes que estivesse por trás da decisão que obrigou a mudança de horário no Acre, parte do Pará e Amazonas, agora, a Globo juntamente com a Rede Amazônica de Televisão - que tem a TV Acre como filiada – e a Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão - Abert - ameaçam utilizar de todas as artimanhas possíveis para impedir que a vontade dos acrianos seja concretizada.


Em 2008, antes da alteração de horário, a TV Acre exibia - intencionalmente - jogos gravados quando deveria apresentá-los ao vivo. A ideia era ganhar apoio dos acrianos que se incomodariam com os vídeos tapes. O então senador Tião Viana (PT) passou a ser figura recorrente nos telejornais da emissora – uma espécie de prêmio pela obediência do parlamentar que empenhou-se para mudar a hora de seu Estado.

Leia também:

O Golpe da Hora?

Pela lógica da Rede Globo Tião Viana deve deixar o governo e Bocalom assumir o comando do Acre
Sanha da Rede Globo em querer mandar nos acrianos permanece viva

Enviar para o Twitter

0 comentários: