domingo, 22 de março de 2009

A CIÊNCIA CONTÁBIL SEM A METODOLOGIA E SEUS OBJETIVOS

Por: Odion de Oliveira Monte

Primeiro imaginemos uma empresa, seja grandiosa ou pequena, não importa o seu tamanho, o que importa é que seja uma entidade.

- Com o nascimento de uma pessoa, crescimento, aprendizagens, estudos, desenvolvimento, e finalmente formador de boas idéias, um idealizador.

Idealiza a formação de uma sociedade, em grupo ou individual. Passa a idéia para o papel, estuda, desenvolve e forma a grande idéia. Constrói e para que a mesma funcione precisa de participantes, ou seja, de pessoas que irão levar a sua idéia ao desenvolvimento, e com o passar do tempo ao crescimento. Cresceu se desenvolveu, se tornou uma mega idéia, a maior do mundo.

- Os anos se passaram, o sucesso do idealizador foi tamanho, que o mesmo se tornou um dos maiores empresários do mundo. Porém em toda a sua formação, e desenvolvimento da idéia, não percebeu que lhe faltava uma ferramenta que qualquer entidade, seja física ou jurídica, necessita, dos registros, do controle, as suas demonstrações de crescimento, ganhos, percas, e a realidade de lucro, desde o nascimento até a presente data. Com grande desespero pelo desmoronamento do seu império, o idealizador entendeu que para manter este império em grade escala de crescimento a ferramenta que lhe faltara foi exatamente a contabilidade.

- A contabilidade, conta os sábios professores no inicio de suas aulas, nasceu com o nascimento humano, pois para controlar seus rebanhos, ainda não tendo a escrita como controle, a cada animal que entrava em seu cercado ele colocava uma pedra ao lado, se sobrasse uma pedra, é porque o rebanho tinha diminuído, se faltasse uma pedra e sobrasse um animal, é porque o rebanho tinha crescido. Vejamos a importância do controle desde antepassado homem, mesmo sem o conhecimento da contabilidade, já tinha o controle do seu patrimônio, isto é contabilidade no seu nascimento.

- o tempo foi passando, o homem foi se desenvolvendo, muitas mudanças ocorreram, e a contabilidade se transforma em ciência, e hoje todo idealizador que se preze, que realmente tenha como objetivo o desenvolvimento e crescimento de sua idéia, não podem esquecer desta ferramenta maravilhosa chamada contabilidade.

- Agora vejamos todos esses ideais, sem o principio, que é o nascimento do ser humano, e sem ser humano, nada de idéias, ou algo mais. Assim é a contabilidade, sem o seu ponto de partida no inicio do homem pensante, sem os princípios, sem a metodologia e sem os objetivos, não teria como existir.

- Na atualidade temos grandes estudiosos, desta ferramenta divina que é a contabilidade, um dos mestres desta ciência, relata em seu título a Teoria da Contabilidade, 6ª. Ed. de 2000, da Editora Atlas, sobre os Objetivos e a Metodologia da Contabilidade. E o Professor Lauro Fontes, Acreano, onde em um texto meu o relato como Lauro Fontes o Amante Moderno da Contabilidade, que não tem medido esforços e dedicação ao estudo e desenvolvimento, desta Ciência, principalmente na área pública. Eu como ainda um simples estudante, mas já com opinião formada, observo que a Contabilidade além de registrar o passado, o presente, orientando para o crescimento das entidades. É uma ciência em pleno desenvolvimento, que através de suas demonstrações relata a atualidade, e espelha o futuro dos grandes ideais, não perdendo o principio, o objetivo e sua metodologia.



Odion Monte é contador, especialista em Pericia Judicial – UCG – Universidade Católica de Goiás – especialista em Filosofia Política – SINAL Universidade de Teologia e Filosofia de Rio Branco Acre.

Enviar para o Twitter

0 comentários: