sexta-feira, 5 de outubro de 2012

TV Acre inicia debate com desprezo pela democracia, excluindo a professora Peregrina do debate

Em um nítido exemplo de desprezo pela importância da democracia, a TV Acre (Rede Globo) realiza o segundo e último debate das eleições municipais de Rio Branco (AC) 2012, nesta quinta-feira (04), com a exclusão da professora Peregrina (Psol) alegando critérios estabelecidos com base em pesquisas.

Semelhante desprezo é demonstrando pela emissora ao contratar serviços do instituto Ibope que foram classificadas pela juíza eleitoral Maha Kouzi Manasfi e Manasfi como flagrantes de pontos “extremamente frágil enquanto fundamento idôneo”, além de reservar horário que impossibilita a maioria dos eleitores acompanharem o debate.

Na segunda-feira (1º), a TV Gazeta (Rede Record) respeitou as regras democráticas, permitindo a participação do Psol no debate. O candidato do PMN, Leôncio Castro se solidarizou com a professora Peregrina, alegando que a representaria nas discussões.

Já na cidade de São Paulo (SP) o debate desta quinta-feira (04) foi cancelando justamente em razão da tentativa de excluir candidatos que recorreram à justiça contra a ilegalidade impetrada pela emissora.

Enviar para o Twitter

0 comentários: