sábado, 6 de outubro de 2012

Ibope esconde números da espontânea para prefeito, dados poderiam assegurar impossibilidade de vitória em 1º turno


Apensar de constar como o segundo item do questionário da pesquisa Ibope/TV Acre divulgada nessa sexta-feira (06), a intenção de voto espontânea -  pela qual o eleitor revela em quem votaria sem a necessidade de estímulo do entrevistador -  não foi divulgada. 

A título de exemplo, a pesquisa Ibope/TV Globo, em São Paulo (SP), divulgada na terça-feira (02), Celso Russomanno apresenta 24% na espontânea, 3% a menos que na estimulada. José Serra 17%, 2% a menos que na estimulada. Gabriel Chalita 8%, 3% a menos que na estimulada. 

Se a tendência, segundos os próprios métodos do Ibope, é que o voto da espontânea seja sempre menores em relação ao da estimulada. Em Rio Branco (AC), mesmo com uma margem de erro 3%, ficaria afastada qualquer possibilidade de vitória de Marcus Alexandre (PT) no primeiro turno, uma vez que a própria pesquisa do Ibope, caso mereça crédito, apontaria para isso através do números da espontânea.

Existe a possibilidade de Instituto Ibope optar por esconder os próprios números a fim de influenciar o voto dos indecisos que acreditam em pesquisas eleitorais. Este domingo (07) será a mais importante eleição para o instituto no Estado, uma vez a maioria dos seus métodos têm sido amplamente questionados.

Enviar para o Twitter

0 comentários: