quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Acrianos protestam nas redes sociais, são “ouvidos” pelo Palácio do Planalto e terão horário de volta


Foi à segunda vez neste mês de dezembro que a intensa movimentação dos acrianos nas redes sociais Twitter, Facebook e blogspot ecoaram Brasil afora. No dia 09, o portal de notícias de Rede Globo foi duramente acusado de preconceito por retratar suposto “deslumbramento” do acriano com Shopping Center, e neste dia 21, o veto presidencial ao retorno do antigo horário do Estado foi alvo de um levante mais aguerrido do que o comum.

Não deu outra, a democracia das redes incomodou o Palácio do Planalto, que segundo o jornalista Altino Machado, de Terra Magazine, arrependeu-se da medida de veto e já no início da noite desta quarta-feira anunciava que o povo acriano teria seu horário de volta.

“Pergunta do dia: se a Dilma vetou o fuso horário do Acre, ela pode vetar a não divisão do Pará?”, questionou o professor universitário Wagner Costa pelo Twitter. “A verdade é que o povo acreano foi desrespeitado. Não se pode negar isso”, falava o jornalista Tião Vitor, de O Página 20.
A notícia do veto presidencial foi manchete na maioria do veículos brasileiros de comunicação.

O parlamentar Sérgio Petecão (PDS-AC) subiu à tribuna do Senado e falou em traição e extinção da democracia em seu Estado. Na noite anterior ao veto, o senador madrugou esperando a intervenção da ministra Ideli Salvatti, da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, para que a sanção fosse realizada.

Vocalista do famoso grupo musical Detonautas, Tito Santa Cruz, pediu licença aos acrianos para poder divulgar um vídeo no YouTube sobre sua passagem pelo Estado. “Não sei por que o Acre está em primeiro nos TTs, mas estive lá e foi muito legal. Inclusive, numa das canções inéditas que lançaremos tem o Acre”, disse o cantor no começo deste mês pelo Twitter (TTs).

Resta agora ao acriano saber em quanto tempo poderão comemorar mais essa vitória.

Enviar para o Twitter

1 comentários:

Me Segura Que Hoje Eu Tô Bandida! disse...

Ai de nós se não fosse a internet p/ divulgar e denunciar tanto descalabro e desrespeito com as pessoas que aqui vivem, ou melhor sobrevivem. Desde sempre somos o unico estado que brigou p/ ser brasileiro, desde sempre fomos nós que financiamos a riqueza de metrópoles como Belém e Manaus graças a borracha acreana que foi surrupiada por coronéis que viviam de forma nababesca nessas duas cidades, desde sempre o resto do país faz chacota nos tratando como caipiras acéfalos, pessoas sem cultura e sem direitos assegurados, desde sempre os coronéis Viana tornaram-se nossos algozes determinando a que hora devemos acordar e deitar, o que comer e quando teremos empregos e moradia... Basta, basta, basta!!