terça-feira, 4 de outubro de 2011

Anvisa proíbe comercialização de emagrecedores anfetamínicos

Drogarias têm dois meses para por fim ao estoque


A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu na manhã desta terça-feira (4) proibir a comercialização de remédios para emagrecer à base de anfetaminas (anfepramona, femproporex e mazindol) e manter o uso dos derivados de sibutramina, que passa a ter um controle mais rigoroso, no qual pacientes e médicos deverão assinar um termo de responsabilidade sobre os riscos à saúde.

“Os medicamentos tinha  baixa eficácia na perda de peso e altos riscos à segurança do paciente”, afirma à Agência. Os remédios são legalizados há mais de 30 anos no Brasil e passam a ter prescrição médica proibida e os registros serão todos cancelados. 

As drogarias poderão comercializar os produtos ainda durante dois meses para assegurar que os pacientes possam se adequar ao fim da comercialização e não tenham uma interrupção abrupta do tratamento. Em Rio Branco, ao menos duas dezenas de drogarias vendem os medicamentos.

Enviar para o Twitter

0 comentários: