terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Moíses afirma ser favorável ao retorno do antigo horário do Acre


“Farei vários manifestos populares em favor do retorno da hora antiga”

O deputado Moíses Diniz (PC do B) contactou o blog Edmilson Alves para explicar seu posicionamento quanto ao referendo do fuso horário.

De acordo com o deputado, seu questionamento não se trata de uma manobra como afirmo no post abaixo, mas, sim, de uma decisão de acionar o Supremo Tribunal Federal – STF –na intenção de obter “segurança jurídica”.

Diniz acredita que o deputado federal Flaviano Melo (PMDB) propôs um referendo com fragilidades que pode tornar nulo sua validade e prejudicar a vontade expressa pelos acrianos em outubro passado.

“Por mim, o horário do Acre teria voltado em 1º de janeiro”, afirma. O líder do governo diz que caso seja necessário fará “várias manifestações populares em favor do retorno do antigo horário do Acre”, com duas horas de diferença de Brasília.

Para este blogueiro, não importa quem, ou de que maneira, mas o fato é que o horário do Acre precisa ser restaurado, pois, o que se está em jogo é a democracia brasileira e a soberania popular.

Enviar para o Twitter

2 comentários:

Anônimo disse...

ESTE É O PAU MANDADO DOS VIANAS. É PAGO PRA ESTE SERVIÇO

Acreano irritado disse...

Sr. Moises Diniz, não há nenhuma necessidade de uma manifestação popular. Basta que vocês, da Frente Popular, respeitem a vontade dos acreanos. O que, por sinal, não vem ocorrendo. Chega de demagogia e de falta de respeito com a vontade legal e legitima dos acreanos.