quarta-feira, 9 de junho de 2010

Considerações acerca dos Mensalões


O termo ‘Mensalão’ é um neologismo para uma prática antiga. A prática de pagamento indevido para agente público revestido de cargo eletivo.


Mensalão não significa necessariamente que haja um pagamento mensal, com valor exato, distribuído por aquele que pode pagar.


Mas em geral, e infelizmente, vão de valores mínimos - acima de R$ 20 mil mensais – ao um teto que só Deus sabe. Os poderes executivos desenvolveram varias formas de aliciar os demais.
.
São propinas pagas por empreiteiras convidadas a construir escolas (é isso mesmo, as escolas não são edificadas com o objetivo de educar, mas com o anseio ardiloso da manter os corruptos no poder, financiado-os com os nossos impostos). Por isso, toda fez que ouço notícias sobre inaugurações de escolas fico profundamente entristecido. O próprio MEC reconhece que sobram escolas no Brasil, o problema é que elas são pessimamente distribuídas, dando a sensação da necessidade de se construir mais unidades.


Não há, no Brasil, um só governo que invista nas pessoas, nos professores, nos alunos, nos demais trabalhadores em educação. Compram-se livros que não serão utilizados, computadores que ficarão empoeirados, pois a ordem está invertida.


Primeiro se deve preparar as pessoas para o bom manejo das ferramentas e estruturas físicas. Isso não ocorre, porque o interesse dos nossos governantes é exatamente manter o brasileiro na eterna ignorância para que a função do executivo resuma-se a compra de utensílios, tijolos e cimento. E, assim, manter o ciclo maldito de um Estado que deve sempre comprar, de apoio político as quinquilharias nunca utilizadas nas escolas.


Fico só no exemplo das escolas que é extensivo aos demais setores da máquina pública.




Enviar para o Twitter

0 comentários: