quinta-feira, 16 de junho de 2011

Globo teme concorrência de empresas de telefônia

Através seu representante, Evandro Guimarães, as Organizações Globo defendem no Senado que o PLC 116/11 seja aprovado da forma como está. Esse projeto, entre outras medidas, permite a entrada das empresas de telecomunicações no mercado de TV a cabo. 

Para a Globo é importante manter os artigos 5 e 6 da proposta - que, entre outras medidas, impedem as teles de produzir conteúdo, e, assim, não permitir que os senadores criem concorrentes na produção de contéudo.

Enviar para o Twitter

0 comentários: