terça-feira, 29 de março de 2011

Jamyl Asfury expressa preocupação com relatório sobre dengue

O relatório apresentado pelo Ministério da Saúde apontando a existência de irregularidades no combate à dengue no Estado do Acre gerou polêmica durante a sessão desta terça, 29, na Assembleia Legislativa. O deputado Jamyl Asfury (DEM) foi à tribuna para falar sobre a situação preocupante e questionar que medidas o governo do Estado pretende tomar. Solicitado pelo deputado federal Flaviano Melo (PMDB), que queria informações sobre o trabalho de combate à dengue no Acre, o relatório foi apresentado pelo próprio ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e elenca uma lista de “fragilidades” do sistema de combate à dengue no Estado. Entre os problemas estão o número de faltas ao trabalho por parte dos agentes de endemias.

Além disso, o relatório indica ainda a desatualização dos cadastros, inspeções deficientes em pontos estratégicos e falta de material para ser utilizado pelos agentes. Para Asfury a situação é grave e vai de encontro ao que o governo do Estado vem divulgando, que é justamente a melhoria do programa de combate à dengue.


“Minha preocupação com o que disse o ministro é grande, inclusive a preocupação adquire caráter pessoal já que 40% das pessoas na minha casa já foram vítimas de dengue. O Ministério diz que toda a estrutura pedida pelo governo do Estado para combater a dengue foi fornecida. Então, porque não vimos isso na prática? Essa é a explicação que eu peço em nome da sociedade”.

Aleac

Enviar para o Twitter

0 comentários: