sábado, 12 de março de 2011

Depois de repudiar atitude de presidente da OAB – Acre –, ex-BBB sofre ataques homofóbicos



O ex-BBB e deputado federal, Jean Wyllys (PSOL-RJ), depois de repudiar a atitude do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB – (seccional Acre), Florindo Poersch, - que fez piada com o desastre ambiental ocorrido no Japão -, diz ter sofrido ataques homofóbicos através do Twitter.

O teor dos ataques não foram divulgados por Jean Wyllys que é homossexual assumido. Mas, o parlamentar promete processar os infratores. “Só peço aos homofóbicos que agora me ofendem por minha solidariedade aos japoneses que se lembrem de que crimes virtuais são puníveis. Estão todos os homofóbicos devidamente identificados e localizados. E não adianta apagar os tweets. Cometa o crime e aguente a consequência!”, disse.

Enviar para o Twitter

0 comentários: