sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Marina mantém tradição ética e diz votar no 77


A senadora acriana Marina Silva (PV) - terceira colocada na disputa presidencial com cerca de 20 milhões de votos no primeiro turno - mantém sua tradição e postura ética, "sou pela volta do nosso horário antigo", afirma Marina em entrevista concedida ao jornalista Altino Machado nesta sexta-feira, 29.

Leia o que disse Marina Silva:


"Na realidade do Acre, tem um momento em que a comunidade é afetada pela mudança da hora. Imaginem as crianças que moram longe, na zona rural ou nos seringais, que necessitam acordar no escuro, se deslocar em canoas para chegar nas escolas. Existem muitas situações em que de fato a vida das pessoas é prejudicada".

"Mas existem aspectos de ordem cultural que considero simbolicamente muito importantes para o nosso Estado. A diferença de duas horas em relação ao horário oficial brasileiro tem realmente a ver com a posição que o Acre historicamente ocupa. Essa diferença é constitutiva do nosso diferencial cultural".

Existem razões práticas de ambos os lados, isto é, daqueles que querem manter a mudança e daqueles que querem desfazer a mudança. Mas estou me referindo às razões culturais, históricas e simbólicas. Isso para mim é muito forte. Vou votar no 77."

Enviar para o Twitter

0 comentários: