terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Antônia Lucia já é considerada foragida da Justiça

Enquanto o senador eleito pelo PT, Jorge Viana, comemora a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) que mandou destruir provas que poderia culminar na prisão do ex-governador acriano, a deputada federal eleita missionária Antonia Lúcia Câmara (PSC-AC) teve seu mandato de prisão renovado e está sendo cumprido pela Polícia Federal em outros estados do país.

Em notícia publicada ontem na imprensa do Acre, Câmara informou estar em tratamento de saúde em Manaus, capital do Amazonas.

Segundo o superintendente em exercício da Polícia Federal no Acre, Richard Murade, a PF já realizou várias diligências para cumprir a ordem judicial, porém a missionária ainda não foi encontrada. Ele garantiu que as buscas estão sendo estendidas a outros Estados e se não houver deferimento de um pedido de habeas-corpus, a prisão será efetuada.

No Tribunal Regional Eleitoral, as informações dão conta que o mandado já existe há duas semanas. A deputada já é considerada foragida da Justiça.

Antônia Lúcia Câmara é investigada em três ações por compra de votos, distribuição de bens, formação de caixa-dois e abuso de poder econômico. Entre os processos está o da compra de combustíveis durante o período eleitoral e ainda a apreensão de mais de R$ 400 mil que eram transportados dentro de uma caixa do Amazonas para o Acre.


Adaptado do Portal Amazônia com informações do Página 20

Enviar para o Twitter

0 comentários: