quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Diretor da UNINORTE pediu um crédito aos acadêmicos para resolver problemas


O Diretor da UNINORTE, Marcos Brandão, solicitou paciência e pediu um crédito aos alunos do Instituto de Ensino Superior do Acre - IESACRE para analisar as reivindicações acadêmicas comprometendo-se em resolver os problemas que forem constatados. O encontro ocorreu ontem, 25, por volta das 18h30min no prédio do IESACRE do parque.


A reunião contou com a presença de discentes e coordenadores dos três cursos que compõe a instituição: Administração, Serviço Social e Comunicação Social. Ainda participou a diretora acadêmica da UNINORTE, Afra Maria entre outros funcionários.
Conheça as reividicações apresentadas:
1 - Redução da carga horária. O tempo das disciplinas foram reduzidas não mais atingindo 60 horas, como prevê o currículo da maioria das disciplinas do IESACRE. Defendemos: Retorno às 4 aulas de 50 minutos;

2 – Reposição das aulas perdidas;

3 - Redução salarial do professores. Com a redução de carga horária automaticamente houve redução salarial dos mestres. Defendemos: Professores mais capacitados e salário condizente;
4 – Retorno imediato dos laboratórios de prática complementares;

5 – Laboratórios que atendam a demanda dos acadêmicos de comunicação social, funcionado com número adequado de profissionais e durante os três turnos. Exatamente como ocorria anteriormente;

6 – Readequação nos valores das disciplinas individuais a serem pagas pelos alunos (curso de férias);

8 – Suspensão das taxas em acordo com o posicionamento do Ministério Público;

9 – Criação de comissões de 5 alunos por turma para acompanhamento da escolha dos professores do semestre seguinte;

10 – Que a metodologia dos professores sejam avaliadas pelos acadêmicos, com intermédio da comissão, no prazo de até 3 semanas do início do semestre;

Obs.: as comissões deverão ser formuladas mediante critérios que mantenha distante os julgamentos de cunho subjetivo.

11 – Que o grupo IUNI firme compromisso em não fechar o IESACRE do parque até que se formem todas as turmas que já estavam em andamento quando da negociação que culminou na venda da instituição;

12 – Que grupo IUNI firme compromisso em cumpri a carga horária de aulas presencias. Comprometendo-se em não substitui os horários por nenhum tipo de estudos virtuais;

13 – Que os alunos sejam atendidos em relação as suas expectativas quanto ao PROUNI e FIES;

14 – Extinção das aulas corridas, em que um único professor (a) fica com todas as aulas de determinado dia letivo. A experiência é improdutiva e cansativa para mestre e alunos;

15 – Discutir com os acadêmicos de serviço social sobre a mudança na grade curricular.






Enviar para o Twitter

1 comentários:

Anônimo disse...

Aprendi muito