sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Obras do IFAC/Campus Rio Branco do bairro Xavier Maia são apresentadas à comunidade




O reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre – IFAC, Prof. Marcelo Minghelli, apresentou as obras do Campus Rio Branco para a comunidade durante esta semana. Localizada na Avenida Brasil, no bairro Xavier Maia, o campus ocupa uma área de 40 mil metros quadrados tendo ao redor 30 bairros da Regional III, com cerca de 40 mil moradores.


A expectativa é que a obra seja inaugurada no início de 2012. No Campus vão funcionar, também, as instalações da Escola de Formação da Educação Profissional, Científica e Tecnológica, que visa oferecer cursos de graduação e pós-graduação aos técnicos e docentes dos Institutos Federais da Região Norte.

Hoje o Instituto Federal do Acre está com quatro campi em atividades acadêmicas nos municípios de Rio Branco, Sena Madureira, Cruzeiro do Sul e Xapuri, totalizando 1.191 alunos em 34 turmas. Para 2012 a instituição expande mais duas unidades, sendo um Campus Avançado na Baixada do Sol e um Campus em Tarauacá.



IFAC/Campus Rio Branco


Na capital do Acre o IFAC possui hoje um Campus com a oferta de cursos técnicos de Informática, Manutenção e Suporte de Informática, Cooperativismo e Segurança do Trabalho e cursos superiores de Logística, Processos Escolares e Ciências Naturais/Biologia. As atividades acadêmicas começaram em agosto do ano passado em prédio provisório na Avenida Antonio da Rocha Viana, na Vila Ivonete.


Em janeiro a unidade própria será inaugurada no bairro Xavier Maia, numa área de 40 mil metros quadrados, sendo 10 mil metros de construção. O Campus da Xavier Maia é um investimento de R$ 12 milhões.


Em janeiro de 2012 também iniciam as obras do Campus Avançado na Baixada do Sol, em Rio Branco. A nova unidade é uma parceria com o Governo do Estado, que fez toda gestão para doação do terreno pela Prefeitura. O imóvel terá 6 mil metros quadrados, num investimento de R$ 17 milhões do Governo Federal. Os primeiros R$ 4,8 milhões para o início das obras veio da gestão do deputado federal Sibá Machado como emenda parlamentar.

Investimentos no interior


O Campus no bairro Xavier Maia, em Rio Branco, será a segunda unidade própria do IFAC. A primeira fica em Xapuri onde o Instituto recebeu a Escola Rita Maia, numa doação do Governo do Estado e da Prefeitura daquele município. A unidade, inaugurada em dezembro do ano passado pelo presidente Lula, hoje está sendo ampliada com a construção de biblioteca, auditório e laboratórios. Em Xapuri também está em negociação a doação de uma área pelo Governo do Estado para que seja instalado um Centro de Biotecnologia na região.

Em Cruzeiro do Sul e em Sena Madureira o IFAC também está construindo as sedes próprias dos campi. “Os Institutos compõe uma Rede Federal com mais de 400 escolas no País. É uma proposta inovadora criada pelo presidente Lula para dar acesso a educação profissional àqueles que mais precisam”, explica o reitor Marcelo Minghelli.




Ingresso nos cursos do IFAC


O IFAC oferece hoje cursos técnicos nas modalidades Integrado (médio), Proeja (jovens e adultos), Subsequente (ou pós-médio). Com exceção do Proeja que o sistema de ingresso é por entrevistas, nos demais é por inscrição online e sorteio de vagas. Para o primeiro semestre de 2012, o processo seletivo dos cursos técnicos do IFAC será lançado ainda esta semana.

Já o sistema de ingresso dos cursos superiores segue o Sistema de Seleção Unificada (SISU) que aproveita as notas do Enem. A previsão é que os editais para ingressos nos cursos superiores do IFAC para 2012/1 sejam lançados no início do ano.

“Como em Xapuri estamos em reforma e Cruzeiro e Sena ainda funcionam em sedes provisórias, nossa oferta para este primeiro semestre será pequena. Ademais, estamos também preparando a minuta de um concurso público para contratarmos mais profissionais para atender a expansão de nossas atividades presenciais e a distância”, explica a pró-reitora de Ensino, Profª Cristina Madeira.



As informações são da assessoria de imprensa

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Ensino superior no Acre piora após quatro anos seguidos de avaliações do MEC

 Deputado Moíses Diniz propõe Audiência Pública para discutir a questão

Ao divulgar a ponderação da qualidade no ensino superior público e privado do País no ano de 2010, o ministro da educação, Fernando Haddad, avaliou que no “cômputo geral” o ensino brasileiro estaria melhorando. Mas, no Acre, os números divulgados pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), nesta quinta-feira (17), apontam que ensino piorou após quatro anos seguidos de avaliações.

A Universidade Federal do Acre (Ufac) que durante 2007 (nota 2,60) e 2008 (nota 2,70) foi à melhor instituição de ensino superior do Estado, perdeu a posição nos últimos dois anos para uma entidade de aprendizagem via internet com registro em Acrelândia e sede em Brasília, a Faculdade AIEC, com nota 3,12, é a única no Acre localizada na faixa quatro de bom ensino do Índice Geral de Cursos (IGC) que vai de um a cinco.

Durante todos os anos de avaliações, a Ufac (nota 2,64 em 2010) não conseguiu evoluir e melhorar a nota que a mantêm na faixa três, como ensino satisfatório.

O Instituto de Ensino Superior do Acre (Iesacre/Uninorte) contribuiu para o pior retrocesso, a instituição, que por dois anos seguidos (2007 e 2008) foi à melhor no ensino privado, inclusive, ombreando com a Ufac na faixa três de satisfatório, despencou, em 2010, para nota 1,54 e agora tem ensino dois de insatisfatório, tal qual as outras duas que integram a Uninorte (Faculdade do Acre e Faculdade Barão do Rio Branco).

Também com ensino insatisfatório, a Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO), a Faculdade Diocesana São José (FADISI) e a Faculdade de Desenvolvimento Sustentável de Cruzeiro do Sul (IEVAL) também não conseguiram, em quatro anos, evoluir na qualidade ofertada e contribuem para que não exista uma única instituição de ensino superior privado e presencial com qualidade mínima em todo do Estado do Acre.
O deputado estadual Moíses Diniz (PCdoB), líder do governo do estado na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), afirma que o poder estadual tem apoiado o fortalecimento da Ufac e acredita que a nota da única instituição pública de ensino superior do Estado deveria ser melhor do que a apresentada.

Diniz afirmou à reportagem que convocaria uma Audiência Pública na Comissão de Educação da Aleac para que, conjuntamente, parlamentares, professores, estudantes e representantes das faculdades privadas e da Ufac debatam saídas que visem à melhoria no ensino superior público e privado no Estado.

O Ministério da Educação avaliou 2.176 instituições de ensino superior, sendo 229 públicas e 1.947 privadas, entre universidades, centros universitários e faculdades.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Jorge Viana e Aníbal Diniz revoltados com retorno de antigo horário do Acre

Os senadores Jorge Viana (PT-AC) e Aníbal Diniz (PT-AC) demonstram-se revoltados, nesta sexta-feira (11) em Sessão Plenária do Senado, com a volta do antigo horário do Acre aprovado esta semana pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal e agora depende tão somente da presidente Dilma para entrar em vigor.

“Lamento profundamente o desfecho dessa situação. Vim à tribuna para dizer que os que trabalham e que usam o mandato parlamentar para atrasar o Acre venceram, conseguiram atrasar o Acre em uma hora... ... o referendo dividiu o Acre, disse Jorge Viana.

Em seguida Viana afirma que nada fez para impedir o retorno do antigo horário. “Eu não criei nenhum empecilho para a aprovação do que o referendo estabeleceu, mas tenho obrigação, como acreano que gosta do Acre, que tem um sentimento, e que o dedica – dedico o meu esforço e o meu trabalho – para que o Acre melhore, para que a vida do povo melhore, estou vindo fazer um registro, porque assumi este compromisso, para dizer que lamentavelmente aqueles que trabalham disfarçadamente contra o Acre, contra o povo acreano, venceram. Conseguiram atrasar o Acre”.

Já o senador Diniz, além de concordar com Viana, acrescentou que seria necessário, no futuro, fazer nova tentativa para modificar novamente o horário do Estado e deixá-lo como se encontra hoje.

“Quanto ao futuro dessa discussão, ao que vai resultar, é o momento de refletir e procurar fazer com que essa decisão possa ser de novo posta em discussão no futuro, mas num momento em que não se esteja influenciado por um processo eleitoral, num período que não seja especificamente aquele da escolha de um governante, o que pode causar um transtorno, um tipo de envolvimento emocional diferenciado”.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Petecão defende construção da Ponte do Rio Madeira

BRASÍLIA – Durante reunião da bancada parlamentar do Acre para discutir o Plano Plurianual 2012/2015, realizada nesta quarta-feira, o senador acreano Sérgio Petecão (PSD) apresentou emenda que inclui a iniciativa no Orçamento Geral da União para a construção da ponte sobre o Rio Madeira a ser cumprida pelo Governo Federal. A emenda de Sérgio Petecão foi a primeira proposta apresentada durante a reunião dos parlamentares, e obteve aprovação da maioria dos parlamentares presentes.

O senador ressaltou a importância da construção da ponte com objetivo de ligar o Estado do Acre aos demais municípios brasileiros por vias terrestres. “Atualmente não é possível chegar ao Acre sem ter que usar a balsa do Rio Madeira. O Acre precisa ser completamente integrado por uma malha rodoviária de qualidade. Isso é necessário para o desenvolvimento do nosso Estado, além de evitar os transtornos pela falta da Ponte

A balsa é a única maneira de integrar os veículos com o Acre, o que não é mais viável pelo constante aumento da demanda. Além disso, é comum o encalhamento da balsa em bancos de areias que se formam quando o nível da água fica baixo. “Isso causa muitos transtornos aos motoristas que chegam a esperar por horas”, disse o Sérgio Petecão.

O senador agradeceu às manifestações de apoio da população em sua página no Facebook. As mensagens foram no sentido de incentivar a construção da ponte. Foram alguns comentários: “Isso é um projeto de quem tem peito”, “parabéns e espero que tenha sucesso nessa luta”, “esta ponte sim já deveria ter sido feita!”.

As informações são da assessoria de imprensa do senador Sérgio Petecão

terça-feira, 8 de novembro de 2011

RENNER INAUGURA LOJA NO PRIMEIRO SHOPPING DO ACRE

Reforçando seu compromisso em levar moda a preços acessíveis para todo o Brasil, a Lojas Renner inaugura hoje, terça-feira, dia 8 de novembro, sua primeira loja no Acre. Com investimento de R$ 7,2 milhões, o novo espaço conta com 2,5 mil m2 e figura como uma das principais âncoras do primeiro shopping center do estado, o Via Verde Shopping, que abre suas portas na capital Rio Branco. Responsável por gerar 52 empregos diretos, a nova loja registra a sexta operação da Renner na região Norte e a 150º no país.
 
A construção do primeiro shopping center do estado é reflexo do contínuo desenvolvimento econômico e populacional de Rio Branco, que é o principal município do Acre e o sexto maior da região Norte do Brasil. “Estamos muito contentes em ancorar esse empreendimento de grande importância econômica e social não só para o Acre, como também para todo o norte brasileiro. A Renner será uma ótima opção de compras para toda a família, com um ambiente prático, agradável e preços competitivos.”, conta Paulo Soares, Diretor de Operações da Lojas Renner.
 
Para comemorar o lançamento, a Renner preparou algumas ações especiais, como a distribuição de biscoitos da sorte com dicas de moda, que serão oferecidos nos arredores da nova loja às vésperas da abertura.  Além disso, a loja abrirá suas portas com ofertas promocionais exclusivas em seus três primeiros dias de funcionamento – terça (08), quarta (09) e quinta (10).  E reforçando seus valores de responsabilidade social, a Companhia fará a doação de 3 mil peças de roupas.  Os produtos serão repassados à população por meio das ações sociais da Prefeitura Municipal, que receberá 1.500 peças, e do Governo Estadual, que também será contemplado com o mesmo número de mercadorias.
 
VERÃO RENNER 2012
A nova loja chega com araras e vitrines repletas de novidades da coleção Verão 2012, para todos os estilos. A Renner ainda dará 60 dias para o primeiro pagamento nas compras efetuadas com o Cartão Renner até o dia 18 de dezembro. É para todo mundo renovar o guarda-roupa para a estação! Entre as novidades da coleção, vestidos e macaquinhos fresquinhos em algodão ganham charme em versões florais e xadrez piquenique; as franjas e as peças em jeans trazem a referência dos anos 70; polka dots (bolinhas) e listras estampam saias, shorts e regatas, para um look mais ousado, com a influência rockabilly dos anos 50. Para compor e renovar qualquer visual, diferentes modelos de espadrilles, consagrados como os hits dos pés da estação, além de lenços e bandanas, que estão super em alta. Na linha beach wear, a nova coleção traz várias opções em biquínis, maiôs, sungas, saídas de banho, que podem ser coordenadas com outros acessórios, como esteiras e chapéus, para quem pretende arrasar também na areia.
 
ESTILO DE VIDA
A Lojas Renner foi pioneira em implantar no país, em 2002, o conceito de Estilos de Vida no desenvolvimento das coleções de suas marcas próprias (Cortelle, Request, Just Be, Blue Steel e Marfinno) e na organização de suas lojas. A exposição coordenada de roupas, calçados e acessórios, sob marcas que refletem diferentes atitudes, interesses e personalidades, facilita a escolha dos clientes, pois permite que eles identifiquem claramente o conjunto de peças que melhor reflete seu jeito de ser e de viver, otimizando o seu tempo de compras.
 
CARTÃO RENNER
Além dos diferenciais no desenvolvimento de suas coleções, a Lojas Renner tem outro importante instrumento de fidelização de clientes: o Cartão Renner. A Companhia tem a terceira maior base de cartões private label do mercado brasileiro, com 18,4 milhões de unidades emitidas. O Cartão Renner dá sempre *30 dias para o primeiro pagamento, seja qual for a data da compra, e conta com duas principais modalidades de parcelamento: a condição de zero de entrada  mais cinco vezes sem acréscimo (0+5) e a opção com zero de entrada mais oito parcelas fixas mensais (0+8) com acréscimo. Além desses benefícios, o cartão não tem taxa de adesão ou de anuidade e pode ser solicitado no setor de Atendimento ao Cliente de todas as lojas. Implantado como uma ferramenta de fidelização, o Cartão Renner deu o salto inicial para a consolidação da oferta de serviços financeiros.
* Até o dia 18 de dezembro, as compras efetuadas com o Cartão Renner terão 60 dias para o primeiro pagamento.

Drogaria Popular e Hoje Cosmetics inaugura 8ª loja com o primeiro Shopping Center do Acre


Neste dia 08 de novembro, a Drogaria Popular e Hoje Cosmetics inaugurou a sua 8ª unidade, localizada em Rio Branco (AC) no Via Verde Shopping – o primeiro do segmento em todo o Estado. “Para quem saiu de uma família humilde no município de Tarauacá e passou até fome na cidade de Rio Branco, sem dúvida esse é um grande dia”, disse emocionado o empresário Edson Oliveira, proprietário das firmas.

O empreendedor faz questão de ressaltar seu orgulho de ser acriano e de ter prosperando dentro do próprio Estado. “Acredito no meu Acre assim como ele acredita na nossa capacidade de servir, por isso vamos continuar investido e abrindo novas unidades para facilitar a vida dos acrianos, porque a nossa missão é a saúde e o bem estar daqueles que sempre nos acolheram”, afirma.

Este mês, a Drogaria Popular completa 22 anos e sua loja anexa – Hoje Cosmetics – realiza seis anos. Trabalho árduo, valorização de seus profissionais, foco no cliente, preços competitivos, produtos de qualidade e localizações estratégicas são alguns exemplos do sucesso destas marcas genuinamente acrianas.
Em setembro último, a companhia abriu a primeira unidade no interior do Estado, na cidade de Cruzeiro do Sul e tem projetos para que cheguem a outras cidades do Acre. A empresa também é dona da única drogaria que funciona 24 horas por dia na capital Rio Branco, localizada na Gameleira – área histórica do Estado.

Ao comemorar os 20 anos da marca, em 2009, Eugênio Neves de 56 anos lembrou de que quando vendeu sua empresa para seu então funcionário Edson Oliveira – há época com apenas 19 anos –, “Ele já reunia todas as condições necessárias ao mundo empresarial. Trabalhador, pontual, econômico. Só lhe faltava à oportunidade”, reflete. Neves acertou ao confiar em seu colaborador, vendeu sua drogaria facilitado o pagamento em parcelas que foram pagas mensalmente em dólar, [Naquela época a moeda brasileira não tinha estabilidade econômica].

A Drogaria Popular e Hoje Cosmetics emprega 158 funcionários, 19 destes postos de trabalhos foram gerados hoje.

Major Rocha diz ter informações de que seu telefone está grampeado

Em pronunciamento nesta terça-feira, 8, o deputado Major Rocha (PSDB) afirmou ter informações de que seu telefone está sob escuta do Sistema de Inteligência de Segurança Pública do Estado do Acre (Sispac). Ele falou logo após discurso do deputado Jamyl Asfury (DEM) que colocou o Sispac em discussão.

De acordo com o deputado, quem monitora o sistema são policiais militares, alguns deles seus amigos que lhe informaram sobre o grampo em seu telefone, “Estamos vivendo uma ditadura”, disse Rocha, afirmando que também está com prisão disciplinar pedida pela Corregedoria da PM. “Querem acabar com a imunidade parlamentar, tirar um deputado daqui e levar para a cadeia”, comentou.  Rocha pediu ao deputado José Luis Tchê (PDT), presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) que intervenha contra o pedido de prisão.

Rocha adiantou que já entrou com pedido de Habeas Corpus preventivo e que não vai se submeter. “Se a intenção é calar a minha voz eu vou mais fundo ainda. O Acre está envolto num mar de lama”, afirmou.


Madeireira

O deputado Major Rocha também fez pronunciamento defendendo manifestantes que pedem a escritura de uma madeireira localizada no novo Distrito Industrial de Rio Branco. “O governo diz que quer gerar emprego, mas temos aqui pessoas que têm emprego e não podem trabalhar. Vivemos uma ditadura pior e gerida por aqueles que diziam combater a ditadura. Isso é o cúmulo do absurdo”, disse.

João Maurício

sábado, 5 de novembro de 2011

Governo do Acre reúne trabalhadores e empresários do Via Verde Shopping e comemora a geração de 2.200 novos empregos diretos

O Governo do Estado reuniu na manhã deste sábado (05) no auditório da Firb/FAAO trabalhadores e empresários do Via Verde Shopping – o primeiro conglomerado de empresas do comércio varejistas e de lazer a se instalar no Acre com inauguração prevista para próxima terça-feira (08) -, para comemorar o esforço concentrado de vários órgãos na captação de mão de obra para o novo empreendimento.

Uma parceria entre o Governo do Estado, através do Departamento de Mobilização para o Trabalho (DMT)/Sine e Instituto Dom Moacyr e os órgãos do Sistema “S” (Senai, Senac, Senat, Sebrae), além de universidades públicas e privadas, possibilitou a formação de um banco de dados facilitando a seleção dos trabalhadores por parte das lojas.

Quando concluir o ciclo de contratações, o Via verde Shopping terá gerado 2.200 novos empregos diretos no comércio acriano. Para quem tem expectativas de obter emprego com carteira assinada, ainda faltam 1.600 vagas a serem ocupadas. Por isso, preparar e encaminhar currículo ao Sine Acre ainda é possível.

A coordenadora de captação externa de vagas do Sistema Nacional de Empregos no Acre (Sine), Eurilene Santos, explica que deste de janeiro deste ano, o órgão começara a direcionar esforços na seletiva de trabalhadores com vistas às empresas que se instalariam no shopping.

A supervisora comercial da loja Riachuelo, Vanessa Carla, informa que dos 105 contratados pela marca, apenas o gerente da unidade é de origem de outra unidade federativa brasileira, algo que confirma como positiva a intenção do governo em direcionar os novos empregos para os acrianos. “Até para alguns cargos de chefia foram contratados pessoal de Rio Branco”, diz Carla.

Para o secretário de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia, Indústria e Comércio do Acre, Edvaldo Magalhães, a vinda do empreendimento seria em razão de uma ‘dinamização’ da economia do Estado. “O nosso Acre cresce, gera empregos e novas oportunidades”, disse. Ainda de acordo com o secretário, o Governo teria realizado esforços na recepção do shopping. “Nós os acolhemos e estes investimentos são realizados em um momento adequando de modernização do Acre”, ressalta.

No evento, o jovem Elton Freitas mostra empolgação. “É o meu primeiro emprego, vou me esforçar para apreender e crescer no mercado”. Já a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC) afirma que os empresários só investem no Estado por visualizarem a possibilidade concreta de lograrem êxito. “O Acre está preparado para incentivar o acolhimento de novas empresas, entramos em um novo ciclo de desenvolvimento”, disse.

Uma das três empresas da gestão administrativa do aglomerado, a LGV Gestão de Shopping Centers possui vasta experiência na área com participações nos Shoppings Iguatemi e Barra, em Salvador; Iguatemi, em Porto Alegre e Plaza Macaé, em Macaé, a Mossoró West Shopping em Mossoró (RN) e Monet Plaza Shopping em Santa Maria (RS). E ainda reforça sua atuação em novos empreendimentos como Venda Nova Shopping em Belo Horizonte (MG); o Shopping Pelotas, em Pelotas (RS) e o Shopping Park Taquaral, em Piracicaba (SP) e, é claro, o Via Verde Shopping em Rio Branco (AC). “Vamos inaugurar não só um shopping, mas proporcionar novas formas de fazer compras e de se divertir em Rio Branco”, diz Dorival Regini, presidente da LGR.

O empreendimento comportará quatro megalojas, quatro salas de cinema – sendo duas com sistema 3D-, 132 lojas-satélite, um hipermercado, dois restaurantes e praça de alimentação com 14 empresas.

Após o encontro, a comitiva composta por políticos, empresários, jornalistas, servidores públicos e trabalhadores seguiram para uma visita as instalações do shopping localizado na Via Verde, no Bairro Floresta, em Rio Branco (AC).

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Governador anuncia que Jorge Viana vai aderir ao uso das redes sociais


Nesta sexta-feira (04), o governador do Acre, Tião Viana (PT), anunciou que o seu irmão, o senador Jorge Viana (PT-AC), vai aderir ao uso das redes sociais.
“Atenção amigos seguidores, Jorge Viana tá entrando "nas redes"... Vamos ao seu encontro com twitters, SMS, Orkut, Facebook, MSN, etc., etc”, disse o governador através de seu microblog Twitter.
Contudo, Tião Viana não informou quando o irmão senador passar a utilizar as redes sociais para comunicar-se com os acrianos.
Até às 14h, o endereço divulgado como sendo do senador, @jorge_senador, ainda não estava ativo. “That page doesn’t exist!”, diz a mensagem do Twitter.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Teria nascido filho de Justin Bieber? Revista publica foto de susposto herdeiro do cantor teen

A revista "Star Magazine" divulgou em sua capa a foto do suposto filho de Justin Bieber. Segundo a reportagem da revista, Mariah Yeater, de 20 anos, diz que o cantor é pai do seu bebê de três meses e abriu um processo para que ele reconheça a paternidade do menino.

Nos papéis do processo, assinados por Mariah, ela alega que fez sexo com o cantor nos bastidores de um show dele na arena Staples Center, em Los Angeles, no dia 25 de outubro de 2010. "Ele me disse que era sua primeira vez", declarou no processo.

No processo, Mariah narra com detalhes como se deu o encontro: "Um segurança me chamou e perguntou se eu queria conhecer o Justin Bieber. Depois de esperar um pouco com outras meninas, ele apareceu e começou a conversar comigo. Era óbvio que estávamos atraídos um pelo outro e começamos a nos beijar. Ele sugeriu que fôssemos a um lugar com mais privacidade. Eu concordei. Ele me disse que queria fazer amor comigo e que esta seria sua primeira vez".

Ela também contou que os dois fizeram sexo em um banheiro e que a personalidade do cantor mudou: "Ele começou a me agarrar e disse que queria fazer sexo comigo. Eu pedi para ele usar camisinha, mas ele disse que não queria porque era sua primeira vez e ele queria sentir tudo. Foi tudo muito rápido e a relação mesmo durou cerca de 30 segundos".

"Quando eu percebi que estava grávida do Justin Bieber tentei entrar em contato com a equipe dele, mas ninguém retornou minhas ligações", disse Mariah ao juiz. "Dei à luz um menino no dia 6 de julho de 2011. Exatamente 36 semanas e dois dias depois que fizemos sexo. Baseada no tempo e no fato de que não existe outro homem com quem fiz sexo que possa ser o pai desta criança, eu acredito que Justin é o pai do meu bebê", continuou.

Uma audiência sobre o caso está marcada para o dia 15 de dezembro. Os representantes de Justin Bieber negam as acusações: "Ainda não vimos o processo, mas é triste que alguém fabrique afirmações tão maliciosas, difamatórias e falsas. Nós vamos buscar todas as medidas legais disponíveis para proteger Justin contra tais alegações".

Através de seu Twitter, ele comentou os boatos: "Todos os boatos, as fofocas...eu vou focar no que é positivo: a música".

Fonte: G1

domingo, 30 de outubro de 2011

Ufac abre 30 vagas de Técnico Administrativo em Educação para todos os níveis de escolaridade


A Universidade Federal do Acre (Ufac) divulgou nesta quinta-feira (27) a realização de Concurso Público de Técnico Administrativo em Educação com 30 vagas para os níveis de ensino fundamental, médio e superior que atenderão aos campus de Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

As inscrições pela internet começam na segunda-feira (31/10) e vão até dezembro. Já o pedido de isenção de taxa de escrito se encerra no dia 10 de novembro.

As provas de Língua Portuguesa, Matemática, Informática, Legislação/Atualidades e específicas serão aplicadas no dia 10 de dezembro pela Fundação de apoio ao Ensino a Pesquisa e a Extensão (FUNDAPE).

Várias funções serão preenchidas pelo certame, como arquivista, fotógrafo, administrador, técnico em contabilidade, auxiliar de biblioteca e outros. O edital já está disponível na página da instituição, clique aqui e saiba mais.

Outras religiões também usaram de violência, afirma padre da Católica acriana

 Papa Beto XVI reconhece tema como “grande vergonha”





O padre Massimo Lombardi, Reitor da Catedral Católica em Rio Branco (AC), em entrevista por telefone ao ac24horas, lembrou que o passado de violência praticada em nome da fé cristã por setores da igreja Apostólica Católica Romana também foi realidade de outras correntes religiosas.

“Os príncipes protestantes também foram uma sombra na história cristã”, diz Lombardi. Para Massimo, a mistura de poder e religião foi um erro dos cristãos. Católicos, muçulmanos e evangélicos envolveram-se em lutas sangrentas por terra e poder.

Essa semana, o Papa Bento 16 assumiu como “grande vergonha” a violência em nome da fé. “Como cristão, gostaria de dizer neste momento: sim, é verdade, ao longo da história, a força foi usada em nome da fé cristã”, disse.

“Reconhecemos isso com grande vergonha. Mas está muito claro que isso foi um abuso da fé cristã, algo que evidentemente contradiz sua verdadeira natureza”, afirmou. Essa foi uma das raras vezes em que o papa se desculpou por eventos como as Cruzadas ou o uso da força para difundir a fé no Novo Mundo.


Católica fervorosa, a jornalista Otacília de Freitas acredita que o cristianismo seja o caminho da paz. “É claro que o cristianismo é a solução para que o mundo caminhe para a paz, todavia, existiu ou ainda existe, não sei precisar, uma corrente de cristãos que envergonham o cristianismo”, relata.

A separação entre Estado e Religião, principalmente no Ocidente, caracteriza um dos mais surpreendentes avanços na busca da comunhão entre os seres humanos. É raro o registro de guerras nos países laicos.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

O Rio Branco não tem condição de manter um litígio, diz senador Aníbal Diniz

Em anúncio nesta quarta-feira (26), o senador Aníbal Diniz (PT-AC) afirmou que a realização de acordo entre O Rio Branco Football Club e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), pelo qual o time desistiu de ação na Justiça comum por meio da qual tentava se manter no Campeonato Brasileiro da Série C, seria motivado por ser a equipe dona de poucos recursos financeiros.

“O Rio Branco é um time pobre e não tem condição de manter um litígio”, disse Diniz.

O clube foi punido com a exclusão da Série C por ter recorrido à Justiça comum tentando realizar seus jogos no estádio Arena da Floresta. Manteve-se na competição com liminares, mas desistiu da briga temendo novas represálias da Justiça Desportiva.


Com informações do Jornal do Senado

Acre registrou secas que deveriam ocorrem em 100 anos, diz instituto tecnológico

O professor Irving Foster Brown, do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Serviços Ambientais da Amazônia, explicou ao Jornal do Senado desta quarta-feira (26) que, quando a água da floresta não consegue impedir o fogo, como em anos de grande seca, a mata se torna extremamente inflamável.

Ele disse que o Acre teve, em 2005 e em 2010, secas que deveriam acontecer a cada 100 anos e chamou a atenção para a falta de estrutura de combate a incêndios no estado, onde franjas de fogo ultrapassam um quilômetro de extensão nas florestas.

O secretário de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, Braulio Ferreira de Souza Dias, defende investimentos em recursos humanos e equipamentos.

O presidente da CMA, Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), propôs a criação de um centro nacional de prevenção e combate aos incêndios florestais. Jorge Viana (PT-AC) apoiou a ideia, alertando que, sem medidas de curto prazo, incêndios florestais causarão vítimas nas cidades.

Jornal do Senado

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Drogarias terão que assinar Carteira de Trabalho dos farmacêuticos

Em reunião no MPT, empresários foram alertados de imediata assinatura de Carteira de Trabalho de farmacêuticos acrianos


O Ministério Público do Trabalho (MPT\AC) reuniu na tarde desta quarta-feira (26), na capital do Estado, Rio Branco, donos de drogarias, farmácias e distribuidoras de medicamentos de todo o Estado para alertar que os profissionais farmacêuticos devem ter suas Carteiras de Trabalho assinadas imediatamente sob pena de fiscalização dos órgãos ligados ao trabalho e emprego.

Atualmente os empresários assinam contratos de prestação de serviços com os farmacêuticos, mas esse instrumento é tido como “irregular” segundo a Procuradora do Trabalho Renata Fonseca, que dirigiu o encontro com os empresários. “A princípio, nenhuma empresa será autuada, mas alertamos que a situação seja regularizada o mais breve possível”, alertou.

Em Rio Branco, o profissional farmacêutico deve cumprir quatro horas diárias de trabalho por cada drogaria que atue. No interior, são obrigados a duas horas de trabalho por drogaria. Já as farmácias e distribuidoras de medicamentos do Acre devem manter o profissional farmacêutico durante todo o horário de funcionamento da empresa.

Para o presidente do sindicato que defende a categoria desses profissionais técnicos, Francisco Josener, a medida do MPT traria segurança e “garantia de um direito que não estava sendo respeitado no Estado”.

O presidente do Conselho Regional de Farmácias (CRF), João Arnaldo, acredita que a assinatura da Carteira de Trabalho dos farmacêuticos daria mais segura para empregados e empregadores. “Fica bom para todos os lados”, afirma.

MPT aconselha formação de consórcio entre drogarias para assinatura de Carteira de Trabalho

A Procuradora do Trabalho Renata Fonseca também aconselhou que os donos de drogarias do Acre formassem consórcio entre si para garantir os direitos trabalhistas dos profissionais farmacêuticos sem que a medida se torne onerosa aos empresários.

O consócio funcionaria com uma espécie de contrato entre duas ou mais drogarias distintas, assim, as despesas trabalhistas seriam divididas entre elas. No caso do interior do Estado, onde é comum que um único profissional trabalhe em até quatro empresas diferentes, o profissional teria a Carteira Assinada pelo Consócio formando entre todas as empresas que o emprega.

Para Nelson Brasil, proprietário de uma drogaria no município de Sena Madureira, o consórcio sinaliza como uma saída positiva para que as empresas consigam honrar as novas despesas advindas dos direitos trabalhistas dos profissionais técnicos, como férias e 13º salário.

Em Rio Branco, o consócio só pode ser formado por duas drogarias, pois, o CRF não permite a um único farmacêutico a responsabilidade técnica acima de duas empresas dispensadoras de drogas sem a manipulação de fórmulas.