quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

TSE confirma resultado de referendo que altera de novo fuso horário do Acre

Os ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiram nesta terça-feira homologar o referendo realizado no Acre sobre o fuso horário do Estado.

Em questionamento feito aos eleitores durante o segundo turno das eleições, o referendo questionou se o acreano é a favor da recente alteração do horário legal promovida no Estado.

Ao todo, 56,87% dos eleitores escolheram a opção "NÃO", o que corresponde a 184.478 votos. Já a opção "SIM" recebeu 43,13%, o equivalente a 139.891 votos. Foram registrados ainda 0,37% de votos brancos (1.241 votos); 3,07% de votos nulos (10.311 votos); e uma abstenção de 28,61%.

O referendo foi proposto por um decreto legislativo do Senado, com o objetivo de consultar a população do Estado sobre a alteração no fuso horário local, estabelecido pela Lei 11.662/2008.

Com a mudança, o Acre passou a ter menos quatro horas a partir do fuso horário de Greenwich. A partir de Brasília, o Estado que tinha duas horas a menos passou a ter apenas uma hora a menos. Com a vitória do "NÃO", a lei deverá ser revogada e o horário voltará a ser como antes: duas horas a menos que Brasília.

A proposta de alteração no fuso horário, que resultou na Lei 11.662/2008, foi apresentada pelo senador Tião Viana (PT-AC), eleito no primeiro turno das eleições deste ano para governar o Acre.

Folha Online

Enviar para o Twitter

0 comentários: