sexta-feira, 22 de outubro de 2010

“Serra será um grande parceiro de Tião Viana”, diz Alckmin

Rutemberg Crispim, do site Agazeta.net
Alckmin visita o Acre e diz que PSDB está otimista com vitória de José Serra; ele também criticou declarações do presidente Lula sobre agressões sofridas pelo candidato tucano

21102010008
Geraldo Alckmin afirmou que o PSDB tem um compromisso com o Acre (Foto: Agazeta.net)
O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou nesta quinta-feira, 21, durante entrevista coletiva na sede do PSDB e no programa Gazeta Entrevista, apresentado pelo jornalista Alan Rick, que José Serra tem um compromisso com o desenvolvimento do Acre e que vai garantir a conclusão de obras importantes para o Estado. Ele afirmou que se for eleito, Serra será "um grande parceiro de Tião Viana".

"Se observamos quando Jorge Viana era governador e o Fernando Henrique presidente, os próprios petistas reconhecem a forma como o PSDB tratou o Acre. Temos um compromisso com o desenvolvimento do Acre", disse.

Geraldo Alckmin representa o candidato tucano à presidência da República, José Serra no Acre. Durante a entrevista ele fez questão de agradecer os votos recebidos no Acre e disse que o PSDB terá um compromisso especial com a geração de emprego, com a política agrícola, agroindústria e infraestrutura.

"Agradeço os votos obtidos aqui no Acre. Venho aqui para reafirmar o compromisso do Serra com o desenvolvimento desse Estado. Temos um compromisso com essa população. Vamos garantir a conclusão da BR 364 e melhorias na Saúde, Segurança, Infraestrutura e em outras áreas", afirmou.

Alckmin disse que o PSDB está otimista e que vem trabalhando em todos os estados, para garantir a vitória de José Serra. Para ele, os números verdadeiros são os das urnas no dia 31 de outubro.

No início da noite Alckmin participou de uma caminhada no Centro da Cidade e em seguida de um comício no Ginásio do Sesc/Bosque.

Desenvolvimento e meio ambiente

Afirmando que José Serra tem propostas eficientes para o desenvolvimento do Brasil, Geraldo Alckmin disse que o PSDB tem um compromisso com as regiões menos desenvolvidas do país.

"O Serra vai trabalhar, principalmente para ajudar as regiões menos desenvolvidas. Nosso objetivo é que o Brasil se desenvolva totalmente e, para isso, temos que ajudar no desenvolvimento de todos os Estado. Reafirmo nosso compromisso para que o Brasil avance sempre mais", ressaltou.

Geraldo Alckmin lembrou ainda que o PSDB tem um compromisso especial com o desenvolvimento sustentável e com a preservação do meio ambiente. Ele fez questão de agradecer o apoio de Ilzamar Mendes, viúva de Chico Mendes, à candidatura de José Serra.

"O Lula faz piada com coisa séria", diz Alckmin

Ao comentar as agressões sofridas por José Serra, o governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) disse que o presidente Lula "faz piada com coisa séria" ao afirmar, que a agressão sofrida pelo candidato tucano à Presidência da República, José Serra, foi uma "farsa".

Geraldo Alckmin afirmou que o presidente Lula está incentivando a violência e incitando os militantes para que continuem com as agressões. Para ele o presidente exagerou e está sendo injusto com José Serra.

"As pessoas do PT fizeram provocações e agrediram o Serra. O presidente Lula extrapolou e comete uma injustiça com o Serra, que foi agredido. Por outro lado ele incita a violência, ao invés de incriminá-la. Os debates devem ficar no campo das idéias", afirmou.

Geraldo Alckmin não quis comentar as afirmações do delegado da Polícia Federal, Protógenes Queiroz (PC do B-SP), de que teria uma "pasta preta" com informações que prejudicam José Serra.

"Não vou comentar hipóteses. Se ele tem alguma informação deve apresentar imediatamente. O policial deve apresentar fatos à luz do dia. O PSDB não teme isso", garantiu.

Enviar para o Twitter

0 comentários: