quinta-feira, 10 de junho de 2010

Senadores defendem aplicação de verbas na educação

Durante a discussão do projeto que cria o Fundo Social do pré-sal, um grupo de senadores defendeu a destinação dos recursos para a educação.


O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) afirmou que "será um crime contra a nação" destinar os recursos do pré-sal a gastos imediatos. Para Cristovam, o grande desafio é descobrir uma maneira de transformar o petróleo em "energia permanente" e o senador acredita que isso só poderá ser feito se o petróleo for "transformado em educação". Cristovam pediu a aprovação de emenda de sua autoria e de Tasso Jereissati (PSDB-CE) ao projeto determinando a aplicação dos recursos em educação de base.

A senadora Fátima Cleide (PT-RO) também pediu aprovação de emenda de sua autoria, de Ideli Salvatti e de Inácio Arruda (PCdoB-CE) destinando 50% dos recursos do fundo para a educação. (Essa emenda foi aprovada na madrugada de hoje.)

"Entendo que essa é a política social mais importante para combater a pobreza e a fome. Mesmo com todos os esforços de Lula, investimentos do governo em educação hoje estão ainda em cerca de 5% do produto interno bruto".
Blog do Cristovam

Enviar para o Twitter

0 comentários: