sexta-feira, 11 de junho de 2010

CNJ realiza inspeção no Francisco D’Oliveira Conde


Coordenadores do mutirão carcerário que se realiza no Acre, visitaram na manhã desta quinta-feira (10) o Complexo Penitenciário Francisco D’Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco. A unidade possui capacidade para abrigar 677 pessoas, mas acolhe atualmente 2.180 detentos, entre provisórios e sentenciados (regimes fechado e semiaberto), sendo 2.106 homens e 74 mulheres.


O objetivo da visita foi verificar as condições infraestruturais do complexo e os mecanismos disponíveis à ressocialização dos detentos. Essa visita técnica da equipe aos estabelecimentos prisionais integra a proposta maior do mutirão carcerário: examinar processos criminais e garantir que os presos permaneçam detidos apenas durante a pena devida e em condições adequadas, com incentivo à alfabetização e ao treinamento profissional.


Os magistrados designados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), após reunião com a direção da unidade, conheceram pessoalmente todos os pavilhões e conversaram com grande parte dos reeducandos. A partir desse contato, eles coletaram as principais reivindicações dos detentos e puderam fazer um diagnóstico dos problemas mais importantes a serem tratados durante a realização do mutirão no Estado.
TJ Acre

Enviar para o Twitter

0 comentários: