segunda-feira, 24 de maio de 2010

Bolsa Família também mata

Mulher pagou parcela de aborto com
cartão do Bolsa Família, diz polícia

Crime custou R$ 290 à mulher grávida; R$ 90 foram pagos com benefício

Do R7, no Rio

A Polícia Civil de Aracaju, em Sergipe, confirmou que uma mulher recebeu R$ 90 do cartão do Bolsa Família como parte do pagamento de um aborto que realizou. Ela mesma sacou o dinheiro com o cartão da mulher grávida. Aracaju foi uma das cidades que recebeu uma equipe da Secretaria Nacional de Comunicação Social da Presidência da República que coletou imagens e depoimentos de beneficiários do Bolsa Família que serão usadas em um vídeo institucional sobre como o programa mudou a realidade de famílias carentes.

Leia mais

Enviar para o Twitter

0 comentários: