segunda-feira, 31 de maio de 2010

É possível: Ônibus a R$ 1,50 com ar-condicionado e integração



Em Rio Branco, Acre, os passageiros de transporte coletivo pagam R$ 1,90 para trafegarem ‘nas latas velhas – que alguns têm a desfaçatez de chamar de ônibus’.


‘A lataria riobranquense’ matou quatro cidadãos há menos de um mês, uma criança entre elas.

Em Brasília, Distrito Federal, têm coletivo a R$ 1,50 com integração ao metrô que dá acesso a várias cidades satélites daquele lugar.


Para viajar de uma cidade a outra no Distrito Federal o preço máximo é de R$ 3,00.

Este é um exemplo de que quando há governo preocupado com os trabalhadores, estudantes e cidadãos desprovidos de transporte privado é possível aliar conforto e preço justo.
.
Mas o principal responsável pelo transporte público de Rio Branco, o prefeito petista Raimundo Angelim 'não tá nem aí' para quem depende das 'sucatas da capital'. Tanto Angelim quanto os seus principais aliados dispõe de todo conforto de carros com ar-condicionados.
.
Ainda tem a maioria da imprensa acriana que esconde da sociedade que Angelim é o responsável por todo o caos do transporte, da greve, das empresas endividadas com o poder municipal, dos aumentos abusivos nas tarifas.
.
Com R$ 1,50, o brasiliense vai do aeroporto à rodoviaria, da Praça dos Poderes a ferro-rodoviária. Faz um passeio completo por toda a cidade.
Leia também:
Tragédia, Ônibus cai de ponte e mata quatro

Enviar para o Twitter

Walter Prado seguidor


O deputado estadual Walter Prado é o 16º seguidor aqui do blog.

Enviar para o Twitter

Piso salarial de policiais

Deputados discutirão novo texto

Os líderes partidários se reúnem na tarde de terça-feira (1°) para discutir as propostas de piso salarial dos policiais dos estados (PECs 446/09 e 300/08). O líder do governo, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), vai apresentar uma nova versão de texto para as PECs.

Se houver acordo, o novo texto poderá ser votado em sessão extraordinária do Plenário ainda na terça-feira ou na semana seguinte.

Piso provisório
As associações de policiais já concordaram com a exclusão do piso salarial provisório que vigoraria até o estabelecimento de um piso definitivo por meio de lei federal. O texto aprovado pelos deputados em março previa um piso provisório de R$ 3,5 mil para os policiais e bombeiros de menor graduação e de R$ 7 mil para os de nível superior.

A reunião de líderes ainda não tem horário e local definidos.

Agência Câmara

Enviar para o Twitter

Tumulto no Terminal Urbano

Neste instante dentro do Terminal Urbano: Pneus de ônibus sendo esvaziados, apitaço, correria e muito barulho agitam a greve de motoristas e cobradores do transporte público da capital do Acre, Rio Branco.

Enviar para o Twitter

Previsão do Tempo de 2ª a 4ª

Cliue na imagem para ampliar

Fonte: Clima Tempo

Enviar para o Twitter

sábado, 29 de maio de 2010

Dono de drogaria é preso por conta de medicamento consumido pela mãe



O proprietário da Drogaria Nunes, José Nunes, em Brasileia – Acre - foi preso e encaminhado ao presídio Francisco de Oliveira Conde em Rio Branco, capital, na Operação Castro realizada pela Polícia Federal e Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa – realizada de terça-feira 25 a sábado 29.

De acordo com uma funcionária, a irregularidade encontrada na drogaria foi um medicamento de uso da mãe do proprietário. “O remédio estava aberto. Ela consumia”, informa a trabalhadora que foi levada pela PF para prestar esclarecimentos e seguida solta.

O medicamento em questão é o Remazim Forte, um analgésico internacional que não pode ser comercializado no Brasil.

O dono da drogaria está em liberdade depois que o seu advogado impetrou Habeas Corpus. “Fui tratado como cachorro, humilhado”, diz José Nunes. Não vai ser difícil para Nunes provar inocência, uma vez que a PF teria encontrado uma única unidade de Remazim e ainda aberta, o que reforça o depoimento dos funcionários de que o remédio seria de consumo e não de venda.

Os proprietários da drogaria são unânimes em concordar com as fiscalizações da Anvisa e Polícia Federal, no entanto, reclamam da forma de abordagem. “Eles são agressivos, falam em tom alto. Tratam-nos como se fossemos bandidos”, diz um farmacista.

Já na Droga Acre, os fiscais da Anvisa exigiram Autorização Especial – AE – para que a drogaria permanecesse a vender medicamentos controlados. A exigência demonstra a fragilidade e o despreparo dos fiscais da Anvisa, pois de acordo com a alínea a, do parágrafo 10 da Portaria nº 6/99 drogarias e farmácias não precisam desta licença especial, somente as distribuidoras de medicamentos são obrigadas a possui-lá.
.
“Nós temos endereço fixo, declaramos imposto de renda, pagamos nossos tributos, geramos empregos, movimentamos a economia. Se alguma empresa tem alguma irregularidade deve responder por ela. Mas devemos ser tratados com respeito”, diz a dona da Droga Acre, Adanilza Goreth.

Goreth chegou a apresentar a Autorização de Funcionamento da Empresa – AFE - expedida pela Anvisa (veja imagem. clique para ampliar) com validade até setembro. Contundo o fiscal teria negado-se a aceitar o documento.
.
Leia também:

Enviar para o Twitter

Serviço social da Uninorte realiza exposição sobre problemas sociais

Acadêmicos do curso de serviço social promovem exposição sobre questões sociais da atualidade nesta segunda-feira 31 de maio no hall da Uninorte, a partir das 19 horas. O objetivo é aprofundar a e levar às pessoas a dura realidade que muitos vivenciam.

A atividade faz parte da disciplina “questão social”, ministrada pela professora Hldelene Menezes.

No evento, haverá estandes que vão apresentar informações sobre homossexualismo, prostituição, drogas, abandono de crianças e idosos, tratamento fora de domicílio, dentre outros temas.

Enviar para o Twitter

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Polícia Federal e Anvisa lacram farmácias e apreendem drogas e medicamentos falsificados


PDF Imprimir E-mail
Escrito por Tião Vitor

delegados_da_pf_e_anvisaUma operação realizada em conjunto por fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e agentes da Polícia Federal apreendeu remédios falsificados e contrabandeados, drogas, receitas para medicamentos controlados assinadas, e lacrou farmácias e drogarias em Cruzeiro do Sul, Capixaba, Assis Brasil, Epitaciolândia e Rio Branco.

A operação, denominada Operação Castro, iniciou na terça-feira. De acordo com o delegado Aguinaldo Mendonça Alves, a Anvisa fez a fiscalização nos estabelecimentos e quando foram registradas situações de flagrante, os policiais federais entraram em ação. Em Capixaba não aconteceu situação de flagrante, mas, de acordo com o delegado, todas as farmácias foram fiscalizadas. Em Epitaciolândia e Assis Brasil aconteceu uma prisão em flagrante em cada cidade. Em Cruzeiro do Sul foram feitas três prisões em flagrante. “Basicamente, os delitos registrados são os do artigo 273, parágrafo primeiro e parágrafo primeiro B, que é o de falsificação de medicamentos e a posse de medicamentos contrabandeados”, explicou Agnaldo Mendonça. “Também foi constatado o tráfico de drogas, que se caracteriza a venda de medicamentos controlados sem a devida obediência da legislação”, completou.

Em Rio Branco a operação ainda se segue. Durante toda a tarde de hoje e o dia de amanhã, os fiscais e policiais percorrem as drogarias da cidade a procura de irregularidades. Até o fim da manhã de hoje, três pessoas já haviam sido presos. Todos foram encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal onde foi lavrado o laudo de prisão em flagrante. Logo após foram encaminhados ao presídio.

Os principais medicamentos falsificados encontrados são aqueles usados para o tratamento de disfunção erétil, similares ao Viagra e ao Ciales, que têm venda autorizada no Brasil.

De acordo com o fiscal da Anvisa, Marcel Figueira, o uso desses medicamentos pode trazer sérios riscos à saúde. Em alguns casos, alerta ele, o medicamento tem um percentual de princípio ativo de até 300% a mais do que o que deveria conter. “Uma superdosagem pode provocar um infarto do miocárdio ou mesmo uma doença chamada de priaprismo, que é quando ocorre uma ereção contínua e muito dolorida do pênis. Quando isso ocorre, a vítima pode, inclusive, perder o pênis ou ficar impotentes para o resto da vida”, alertou o fiscal.

Marcel disse que a Anvisa tem feito operações como essa em conjunto com a Polícia Federal desde o ano de 2008. A maior parte das apreensões é de medicamentos para disfunção erétil, medicamentos injetáveis, medicamentos injetáveis vencidos, medicamentos de uso exclusivo de hospitais, medicamentos tarja-preta em depósito irregular e medicamentos falsificados. “Temos feito muitas interdições de caráter cautelar, porque a farmácia, além de vender medicamentos falsificados, está em péssimas condições sanitárias”, disse.

A Anvisa e Polícia Federal investigam se há algum grande distribuidor de medicamentos do Estado envolvidos. Marcel disse que a quantidade de medicamentos apreendida até agora é muito grande. Na segunda-feira será divulgado um relatório informando o quanto de medicamentos foi apreendidos e quantas pessoas foram presos.

De acordo com o delegado Richard Murad Macedo, ressaltou a importância da parceria com a Vigilância Sanitária. Ele disse que o caso é grave, pois se trata de saúde pública e que a ação que se desencadeou no Acre tem o objetivo de proteção da saúde e da vida. “Nos queremos evitar que o comércio do Acre comercialize, de alguma forma, medicamentos falsificados, pratique tráfico de drogas, através da venda indiscriminada de medicamentos de uso controlado. Esse é basicamente o objetivo criminal dessa operação”, afirmou.

Enviar para o Twitter

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Na 3ª parte, Molina fala sobre sua vinda ao Acre

videoConfira a terceira e última parte da entrevista da repórter Djahnaine Oliveira com Ricardo Molina.


Ouça também:

1ª parte: Em visita ao Acre, Ricardo Molina fala de sua carreira profissional

2ª parte: No Acre, Ricardo Molina fala sobre o tenebroso caso PC Farias

Leia:
Ricardo Molina no Acre , Perito do famoso “caso P C Farias” se diz, positivamente, surpreso com Acre

Enviar para o Twitter

Por melhorias no transporte coletivo, estudantes fazem manifesto


Mais de 300 alunos saíram às ruas de Rio Branco para exigir melhorias na qualidade do transporte coletivo e se posicionar contra um possível reajuste na tarifa.



Rutemberg Crispim

Com faixas e cartazes em punho, alunos das escolas públicas localizadas no Centro da capital realizaram uma manifestação na manhã desta quinta-feira, 27, para cobrar melhorias no transporte coletivo da cidade. Mais de 300 estudantes participaram do protesto que se encerrou no Terminal Urbano, onde apenas uma plataforma estava liberada para a passagem dos ônibus.

– Nós queremos apenas sensibilizar os empresários para melhorar a qualidade do transporte coletivo em nossa cidade. São muitos os problemas e a sociedade vem sofrendo muito com as péssimas condições dos ônibus, a demora nas paradas e a falta de veículos. Nossa luta é para melhorar o sistema – afirmou o estudante Daniel Alves, do movimento estudantil "Mudança".

Os estudantes não descartam a realização de novos protestos, caso nenhuma providência seja tomada pelos empresários para melhorar a qualidade do serviço. Nesta sexta-feira, 28, outro movimento deve acontecer.

– Estamos nos mobilizando e a única coisa que queremos é uma resposta das empresas, pois quem depende do transporte coletivo sabe das dificuldades. Não vamos ficar calados diante dessa situação – garantiu o estudante Pedro Negreiros.

Leia também:

Relação entre PT e empresas de ônibus prejudica população

Enviar para o Twitter

quarta-feira, 26 de maio de 2010

No Acre, Ricardo Molina fala sobre o tenebroso caso PC Farias

videoEm passagem pelo Acre, o perito Ricardo Molina detalha caso PC Farias. Confira na segunda parte da entrevista da repórter Djahnaine Oliveira.

Ouça também:

1ª parte: Em visita ao Acre, Ricardo Molina fala de sua carreira profissional

Leia:
Ricardo Molina no Acre , Perito do famoso “caso P C Farias” se diz, positivamente, surpreso com Acre

Enviar para o Twitter

Governo Lula vende terras na Amazônia a R$ 2,99 o hectare

A meta é regularizar 50 mil posses irregulares na região até o fim deste ano eleitoral
.
Cada hectare de terra pública na Amazônia pode custar R$ 2,99 para o atual ocupante, segundo uma nova tabela de preços definida pelo governo. O Ministério do Desenvolvimento Agrário estabeleceu descontos aos candidatos a títulos de terras na região por meio do Terra Legal, programa de regularização fundiária.
.
Um terreno de 200 hectares no município de Manoel Urbano, no Acre, poderá ser vendido ao atual ocupante por menos de R$ 600. O valor ainda pode ser pago com facilidades: em 20 parcelas anuais, com três anos de carência e juros de 1% ao ano. Assim, cada hectare terá desconto de mais de 80% e sairá por R$ 2,99. As informações são do jornal “O Estado de S. Paulo”.

Enviar para o Twitter

Luan Santana em Porto Velho



Na véspera do dia dos namorados, 12 de junho, a capital de Rondônia, Porto Velho, recebe Luan Santana - o teen mais famoso do momento.


O cantor integra o movimento de renovação do sertanejo – um modernismo que enterra de vez toda a breguice das duplas sertanejas protagonizadas no passado dos caipiras Zezé de Di Camargo e Luciano, Chitãozinho e Xororó e afins.


Um passado que envolve inclusive alienação dos “Filhos de Francisco” no nebuloso esquema do Mensalão de Lula – no qual Zezé e Luciano realizavam os showmícios do presidente que bateu todos os recordes de roubalheiras e popularidade.


Nunca na história deste país se viu esquema (Mensalão) com tanta ramificação de corruptos. De artistas a publicitários, de políticos a apresentadores de programas televisivos, de jornalistas a dirigentes partidários.


Que Luan Santana represente um novo Brasil, sem a nada a esconder.

Enviar para o Twitter

terça-feira, 25 de maio de 2010

Anvisa proíbe medicamentos na fronteira e colabora para consumo de produtos bolivianos

Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil proibidas de vender remédios controlados

Em uma operação conjunta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa -, Vigilância Sanitária Estadual e Polícia Federal realizada nesta terça-feira, 25, nos municípios acrianos de Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil os brasileiros da fronteira receberam incentivo para consumo de medicamentos controlados fornecidos pela Bolívia.

O motivo é que todas as drogarias da fronteira tiveram a venda dos remédios psicotrópicos apreendidos ou lagrados, até mesmo drogarias legalizadas, com autorização de funcionamento fornecido pela própria Anvisa e com acesso ao sistema de controle via internet foram proibidas de vender.

Agora os brasileiros que dependem da medicação especial terão que recorrer ao risco de consumir drogas bolivianas.

Até o momento, a Anvisa não divulgou os resultados da operação, por tanto, os motivos da proibição ainda são desconhecidos.

Enviar para o Twitter

Em visita ao Acre, Ricardo Molina fala de sua carreira profissional

Em aúdio, apresentamos a primeira parte, de uma série de três, da gravação realizada pela repórter Djahnaine Oliveira com Ricardo Molina - perito no famoso caso P.C. Farias - o empresário Paulo César Farias assassinado por conta do escâdalo Collor.

Nesta quarta-feira, 26, confira a segunda parte da entrevista na qual Molina fala sobre o tenebroso caso PC.
video

Leia:

Ricardo Molina no Acre , Perito do famoso “caso P C Farias” se diz, positivamente, surpreso com Acre

Enviar para o Twitter

Promoção pessoal



Governador usa agência pública de notícias para se autopromover


Quem acessa o site da Agência de Notícias do Acre na manhã desta terça-feira, 25, percebe que cinco dos seis destaques são destinados à promoção da imagem do Governador do Acre, Binho Marques. Todavia, quem paga as contas da agência é o contribuinte acriano, de salários dos jornalistas ao custeio com equipamentos.

No Acre, a Justiça é o órgão menos atuante entre os três poderes, talvez, por isso, seja tão fácil flagrar inúmeros atos de desrespeito às leis.


Há cinco dias, a Agência de Notícias ContilNet divulgou imagens de ônibus que circulam clandestinamente pelas ruas da capital acriana, Rio Branco. Antes disso, quatro pessoas morreram em um grave acidente envolvendo outro coletivo, sem condições mínimas de circular.

Enviar para o Twitter

Tremor no AC foi profundo demais para causar destruição, diz sismólogo


G1


Abalo sísmico teve magnitude de 6,5 pontos.Como ocorreu a 580,5 km sob o chão, terremoto se dispersou no subsolo.



Apesar de atingir 6,5 pontos de magnitude, o tremor que ocorreu no Acre nesta segunda-feira (24) foi muito profundo para causar estragos, afirma o sismólogo da Universidade de Brasília (Unb) João Corrêa Rosa. O abalo sísmico aconteceu a 580,5 km de profundidade e, segundo o especialista, quanto mais fundo o epicentro do terremoto, menos problemas ele causa. "Ocorre um amortecimento, um espalhamento das ondas [sísmicas] antes de elas chegarem à superfície."

Enviar para o Twitter

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Bolsa Família também mata

Mulher pagou parcela de aborto com
cartão do Bolsa Família, diz polícia

Crime custou R$ 290 à mulher grávida; R$ 90 foram pagos com benefício

Do R7, no Rio

A Polícia Civil de Aracaju, em Sergipe, confirmou que uma mulher recebeu R$ 90 do cartão do Bolsa Família como parte do pagamento de um aborto que realizou. Ela mesma sacou o dinheiro com o cartão da mulher grávida. Aracaju foi uma das cidades que recebeu uma equipe da Secretaria Nacional de Comunicação Social da Presidência da República que coletou imagens e depoimentos de beneficiários do Bolsa Família que serão usadas em um vídeo institucional sobre como o programa mudou a realidade de famílias carentes.

Leia mais

Enviar para o Twitter

Terremoto foi às 11h18

Tremor de magnitude de 6,5 na cidade de Cruzeiro de Sul, Acre, ocorreu às 11h18 desta segunda-feira, 24, quem afirma é o Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA.

Enviar para o Twitter

Ex-BBB no Acre


"Em uma passagem pelo Acre na noite deste sábado, 22, a ex-BBB Cacau foi a sensação a bordo de um vestido coladíssimo preto, que ressaltou as curvas bem delineadas da promotora de eventos. Quanta saúde!", diz o site Titinet

Enviar para o Twitter

Greve deve piorar vida de passageiros

Trabalhadores no transporte coletivo de Rio Branco, capital do Acre, iniciaram greve nesta segunda-feira, 24. Apenas 30% da frota funciona.

Leia também:
Relação entre PT e empresas de ônibus prejudica população

Enviar para o Twitter

O jeitinho que sempre prejudica a sociedade


Referendo em 31 de outubro

Órgãos públicos acreditam que recursos de trabalhadores ‘caem do céu’


A decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Acre – TRE - além de beneficiar o pré-candidato petista ao governo, Tião Viana – autor do impopular fuso da Rede Globo (Quem manda no Acre? A Rede Globo ou Povo Acriano?), abusa da obrigação do trabalhador de pagar os insuportáveis impostos ao poder público.



O referendo sobre a mudança de fuso horário acriano estava marcado por decreto legislativo de autoria do deputado federal Flaviano Melo (PMDB) para o dia 03 de outubro e agora foi adiado para o segundo turno das eleições, 31 de outubro. O tal do ‘jeitinho brasileiro’ sempre traz vantagens para poucos e prejuízo para todos.

Caso as eleições à presidência e ao governo sejam decidas em primeiro turno, o povo brasileiro gastará até 1 milhão de reais extras só para promover o referendo, dinheiro esse que sai do bolso do trabalhador.

Há uma semana Tião Viana fez uma visita ao TRE – ao que parece o passeio logrou êxito para o petista e prejuízo para o trabalhador acriano, que sempre paga a conta.

Enviar para o Twitter

Ricardo Molina no Acre


Perito do famoso “caso P C Farias” se diz, positivamente, surpreso com Acre

Por Djahnaine Oliveira


58 anos de idade e 20 anos de carreira dedicados a profissão de técnico em fonética forense do Brasil. Trata-se do perito Ricardo Molina que esteve no início da semana passada visitando nosso Estado. Molina que é carioca, e atualmente mora em Campinas, SP, faz uma média de 100 laudos por ano, juntamente com sua equipe. O trabalho do perito consiste principalmente em analisar arquivos de áudio e vídeo, mas também atua em outras áreas.

Numa visita de quase três dias a Rio Branco, ele me confessou que ficou surpreso com a cidade, e que o Acre era um dos poucos lugares do Brasil que não conhecia. E acrescentou que nós temos um baixo índice de criminalidade, e até brincou de que nós vivemos no paraíso e não sabemos.

Professor Molina desenvolveu sua tese de doutorado em ciência da computação, mas por está associado com laudos de exames de gravação, ficou famoso nacionalmente pelo caso do ex-ministro do Trabalho e da Previdência Social Antônio Rogério Magri, ocorrido em 1992, no governo Collor. Numa fita gravada por Volnei Abreu Ávila, na época diretor de Arrecadação e Fiscalização do INSS, Magri admitia ter recebido uma propina de 30.000 dólares para facilitar a liberação de recursos do FGTS de uma empresa para uma obra no Acre, em 1991.

Outro caso de grande repercussão no país foi o caso P.C. Farias, ocorrido em 1996. De acordo com o perito, o caso ainda é intrigante, pois devido aos estudos feitos pelo mesmo, não se tratou de crime passional, porém, mesmo sem saber os verdadeiros culpados, o caso foi arquivado, e que aparentemente o caso parece se tratar por uma conjuntura política que se criou na época. “Até hoje quando tentamos falar com as pessoas envolvidas direta ou indiretamente tem ligação com o caso, ninguém abre a boca”, conclui.

Ricardo Molina elogiou a cidade, mas alertou para os perigos desta crescer demasiadamente, ressaltando que temos uma situação privilegiada por ainda termos ar de boa qualidade, sem muitos transtornos no trânsito e preservamos boas características de cidades não metropolitanas.

Enviar para o Twitter

Anvisa proíbe comercialização de Varicell Drágeas


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa – divulgou nesta sexta-feira, 21, nova lista de produtos suspensos de fabricação, distribuição, comércio e uso.


O Varicell Drágeas - medicamento que combante varizes - está proíbido de ser comercializado por não possuir registro. Drogarias e farmácias não podem mais vender o produto e no caso de consumidores que tenham o Varicell em casa devem suspender o uso imediatamente.


Em 2009, a Anvisa havia proíbido a publicidade do Varicell em Cápsulas

Enviar para o Twitter

sábado, 22 de maio de 2010

Portal Gabarito chega a 50 mil acessos


Chegamos, neste sábado, 22 de maio, ao acesso nº 50.078 no portalgabarito.com.br. No ar desde julho de 2009, o portal ajuda a divulgar as atividades realizadas pelos colégios, faculdades, cursos pré-vestibulares e escolas de inglês.

Para a equipe que compõe o jornal Gabarito e o Portal Gabarito é motivo de alegria. Esperamos contar sempre com o apoio de quem se interessa pelas matérias sobre Educação.

Esta conquista deve ser dividida com os parceiros que sempre acreditaram e continuam acreditando que a Educação pode ajudar a desenvolver o Estado e mudar vidas.

Obrigado a todos e ao Blog Edmilson Alves que abriu espaço para o portal!


Equipe do jornal Gabarito e Portal Gabarito

Enviar para o Twitter

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Relação entre PT e empresas de ônibus prejudica população



Trocar sucatas velhas por sucatas novas não resolve o problema social

Nos ônibus da capital do Acre, Rio Branco, estudantes, idosos, trabalhadores e demais cidadãos são tratados como lixos humanos entulhados em grande lata de ferro.


E não são entulhados de qualquer maneira. São espremidos, humilhados, tratados como pessoas desprezíveis, e ainda, obrigados a permanecerem em uma espécie de estufa – no já insuportável calor amazônico.


Para o PT, prefeito de Rio Branco - Raimundo Angelim – e empresas concessionárias do transporte coletivo é assim que a parte da sociedade riobranquense desprovida de transporte privado deve ser tratada.


As empresas além de sonegarem impostos - como denuncia o suplente de vereador João Marcos Luz (leia aqui) - mantêm dívidas astronômicas com a prefeitura e são as mesmas que financiam as campanhas eleitorais do PT. Sendo assim, a sociedade paga o preço da íntima relação do PT com as empresas de ônibus.


O principal responsável pelo péssimo tratamento dispensado aos usuários de coletivo é o prefeito Angelim, pois cabe ao executivo municipal oferecer transporte público, digno.


Até quando seremos tratados como lixo?


Trocar a velha lataria por sucatas novas não revolve o problema. Os coletivos devem ser dotados de refrigeração. A frota deve dobrar em número para por fim ao entulhamento humano. As paradas de madeiras devem ser substituídas por material que garanta maior segurança à vida humana. Nas horas de maior movimentação de passageiros a frota deve triplicar.


No entanto, Angelim e empresas dos coletivos não farão as mudanças necessárias. E não farão pelo simples fato da população sempre eleger políticos ligados ao PT. Se o povo não muda, não há porquê mudar as condições de vida deste mesmo povo.

Enviar para o Twitter

Senadores não emendaram o Ficha Limpa


É questão básica, fundamental, elementar, ‘está no piso do direito’. Nenhuma lei retroagirá para prejudicar, apenas para beneficiar o réu.

O que parte da imprensa chama de “emenda” do senador Francisco Dornelles (PP-RJ) ao projeto Ficha Limpa chamo apenas de uma adequação constitucional.

Não só na prática, mas por direito, o Ficha Limpa poderá valer apenas para políticos condenados após a promulgação do projeto. Neste ponto a lei poderá beneficiar a bandidagem política – o que é ruim. Contudo, não podemos defender que a estrutura do “Contrato Social” seja modificada por conveniência, por ato momentâneo.

É sensata a defesa dos princípios constitucionais e é isso que o próprio Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral – MCCE – que tem articulado o projeto de autoria do Povo Brasileiro tem feito.

O que diz o MCCE

“O projeto Ficha Limpa foi aprovado unanimemente, sem nenhuma “emenda de texto”, no Senado, exatamente como recebido da Câmara Federal.

Não tem, pois, nenhum fundamento os comentários repercutidos na mídia, de que a referida “emenda de redação” poderia ter alterado o sentido do projeto impedindo a sua aplicação às condenações anteriores à aprovação do Ficha Limpa.

[Espera-se] sanção presidencial [ao Ficha Limpa] para que passe a vigorar nas próximas eleições de outubro, aplicando-se a todos quantos tenham cometido os desvios de conduta ali previstos.

Enviar para o Twitter

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Justiça mantém condenação a deputada Dinha e esposo por apropriação de rendas públicas



O Tribunal Pleno decidiu, por unanimidade, negar provimento à Apelação Criminal nº 2009.000508-3 e manter a condenação de Francisco Batista de Souza, ex-prefeito do município de Senador Guiomard, e de sua esposa, a atual deputada estadual Maria Raimunda Ferreira de Carvalho (Dinha), por apropriação e utilização de rendas públicas.


No ano de 2008, em primeira instância, eles foram condenados pelo Juiz da Vara Criminal da Comarca de Senador Guiomard, em razão da prática do crime de responsabilidade, que, segundo os autos, foi cometido entre os meses de agosto e setembro de 2003. À época, Francisco Batista de Souza era prefeito municipal, todavia afastado do cargo por decisão judicial, e Maria Raimunda Ferreira de Carvalho exercia o cargo de Secretária Municipal do Bem-Estar e Ação Social.

Enviar para o Twitter

Começa no Acre encontro regional sobre doenças sexualmente transmissíveis

Começou nesta quarta-feira, 19, e encerra na próxima sexta, 21, a 9ª Macro Norte de Coordenações de DST/Aids, encontro que reúne representantes de todos os estados da região norte no Acre para debater estratégias de combate às doenças sexualmente transmissíveis e Aids. Esta é a segunda vez que a reunião é realizada no estado e conta com a presença dos coordenadores do Acre, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Amapá e Amazonas, além dos representantes dos municípios que desenvolvem ações relacionadas ao tema do encontro. 

 

Enviar para o Twitter

quarta-feira, 19 de maio de 2010

O cartunista que não sabe fazer contas

Nesse cartoon sem identidade de autoria, publicado em site local. O cartunista demonstra desconhecer a realização de contas simples. A imagem tenta mostra Marina Silva à frente de José Serra. O problema é que oito é menor que 35 e não o contrário. O humor das caricaturas podem até exagerar nas peculiaridades para expor a realidade dos fatos e não tentar esconder a verdade. Estão desvirtuado a função jornalista do humor cartunista.

Enviar para o Twitter

Nada mais justo

Comissão aprova multa para empresa que pagar salário menor para mulher

Arquivo - Gilberto Nascimento
Gorete afirma que a discriminação salarial é injustificável.

A Comissão de Trabalho, de Administração e de Serviço Público aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 6393/09, do deputado Marçal Filho (PMDB-MS), que estabelece multa para empregadores que pagarem salários menores às mulheres do que aos homens que exerçam a mesma função. A multa será de cinco vezes o valor da diferença salarial verificada durante todo o período de contratação.

A relatora, deputada Gorete Pereira (PR-CE), apresentou parecer pela aprovação da proposta. Para ela, o projeto ajuda a concretizar a igualdade constitucional entre homens e mulheres.

Câmara

Enviar para o Twitter

CCJ do Senado aprova Ficha Limpa

A Comissão de Constituição e Justiça - CCJ - do Senado aprovou por unanimidade nesta quarta-feira, 19, o projeto do autoria do Povo brasileiro - o Ficha Limpa.

Com votação simbólica os senadores mantiveram o texto aprovado pelos Deputados Federais. O Ficha Limpa proíbe a candidatura de pessoas condenadas pela Justiça.
.
Leia também:

Enviar para o Twitter

Tem Ação Global neste sábado, 22


A Ação Global tem como objetivo oferecer a população diversos serviços, tais como esporte, lazer, educação, saúde e cidadania, o serviço mais procurado é a emissão de documentos. A edição 2010 acontece neste sábado, 22, das 8h às 17h, no Ginásio do SESI.

Além da emissão de documentos também é realizado casamentos coletivos, mas esse ano terá uma diferença, os casais interessados devem comparecer ao SESI, no conjunto Manoel Julião, até o dia 21, das 8 às 12 e das 15 às 17 horas para a habilitação de casamento civil, serão distribuídas 25 senhas por dia. É importante que os interessados compareçam, pois no dia da Ação Global esse serviço não estará disponível.

Para a realização do casório os noivos devem comparecer com duas testemunhas maiores de 18 anos portando Identidade, CPF e que saibam assinar. No dia do evento, com a habilitação feita, a cerimônia será realizada.

Esse evento tem a parceria do SESI e da Rede Globo, o Governo do Acre também é parceiro ao oferecer alguns serviços.

Segundo a coordenação, no ano passado o evento realizou cerca de 40 mil atendimentos, a expectativa para esse ano é atingir a meta de 55 mil.

Enviar para o Twitter

terça-feira, 18 de maio de 2010

Curso de Jornalismo do IESACRE é reconhecido pelo MEC


O curso de Jornalismo do Instituto de Ensino Superior do Acre (Iesacre) foi reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) através da Portaria nº 494, de 12 de maio de 2010 e publicado no Diário Oficial da União de 13 de maio de 2010.

O professor Marco Antonio Brandão, diretor Executivo para Assuntos Acadêmicos, em nome do Conselho Diretor da Uninorte/Iesacre (CONSED) parabenizou a coordenação do curso, professores, alunos e a equipe técnico administrativa. "O CONSED acredita que estamos na direção certa por ter obtido mais uma vitória no caminho da concretização de nosso objetivo maior: ofertar educação de qualidade a comunidade acreana e, com isso, contribuir com o desenvolvimento do Acre".

O reconhecimento do curso de Jornalismo, segundo o coordenador do curso, jornalista Evaldo Pereira Ribeiro, é uma conquista de professores, acadêmicos, corpo técnico e direção do Iesacre/Uninorte.

"A visita da Comissão de Reconhecimento ocorreu em julho de 2008, quando da integração do Iesacre à Uninorte e a direção das duas instituições não mediu esforços para que o curso tivesse todas as condições necessárias para ser reconhecido com um conceito excelente para a região", disse o coordenador durante o programa "Conversa Franca" apresentado pelo jornalista Antonio Muniz, na TV Rio Branco.

Enviar para o Twitter