segunda-feira, 29 de março de 2010

Marina critica saúde e diz que decisão sobre aborto não cabe ao presidente


Sidney Rezende

A senadora e pré-candidata à presidência pelo PV, Marina Silva, criticou o sistema de saúde brasileiro que, segundo ela, está em grave crise."Temos graves problemas de saúde, um colapso, e os prefeitos não sabem exatamente o que fazer", disse a senadora, neste sábado, em Araraquara (SP), onde participou de um encontro estadual de mulheres do PV.
.
Em relação ao debate sobre o aborto, a senadora disse que o assunto ainda precisa ser melhor analisado e, para ela, a decisão da legalização do procedimento não cabe ao presidente."Precisam ser avaliados aspectos sociais, espirituais e muitos outros. Todos sabemos que as mulheres que fazem o aborto não o fazem porque querem. Se fez, foi em um momento de desespero e não podem ser satanizadas", disse.
.
De acordo com Marina, sua candidatura pode ser anunciada nas reuniões do partido no meio do ano. Enquanto isso, a senadora do Acre trabalha na reformulação do programa do PV, ao mesmo tempo que tenta fazer seu programa de governo.

Enviar para o Twitter

0 comentários: