quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Redes de franquias buscam negócios no Norte do Brasil

A franquia de lanchonetes Subway estuda investimentos em Rio Branco

A região Norte está despertando o interesse das principais redes de franquias do Brasil. O surgimento de novos shopping centers nas principais cidades, o crescimento da renda da população e a realização da Copa do Mundo de 2014 no País têm justificado o investimento dos empreendedores. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), estima-se que o número de novas unidades franqueadas na região dobre nos próximos três anos. Hoje, ela responde por apenas 3% do total de pontos de venda no País.
O diretor executivo da ABF, Ricardo Camargo, afirma que Manaus é a grande vedete dos investidores. A capital do Amazonas ganhou dois novos centros de compras nos últimos anos, o que atraiu muitas redes de franquias. Como única cidade da região Norte que receberá jogos da competição mundial de futebol, ela deve continuar no foco dos empresários do setor. “A modernização da infraestrutura de estádios deve atrair redes de alimentação e serviços, principalmente”, afirma Camargo.
A franquia de lanchonetes Subway, por exemplo, estuda a abertura de uma unidade dentro de estádios. Após a abertura da primeira loja em maio, em Manaus, a rede prevê outras sete até o fim do ano que vem. Além da capital, estuda projetos em Belém do Pará e Rio Branco, no Acre. Outra rede de alimentação, a Vivenda do Camarão, estima que o Norte do País representará 7% do mercado em dois anos. Há mais tempo na região, a rede de cafeterias Rei do Mate inaugurou sua quinta loja na capital amazonense este ano. Em outubro, inaugura a segunda unidade em Belém. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Enviar para o Twitter

0 comentários: