sexta-feira, 29 de maio de 2009

Banco do Brasil e Caixa terão R$ 100 milhões para financiamento de motos

Coluna Direito Cidadão
Todas as terças e sextas
O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) autorizou nesta quarta-feira a criação de uma linha de crédito especial, de R$ 100 milhões, para financiar a compra de motocicletas de até 150 cilindradas. A informação foi dada pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi.

A linha será destinada apenas a pessoas físicas. “O tomador do crédito pode ser um trabalhador autônomo, terceirizado ou formalizado que usa a moto como seu instrumento de trabalho”, disse o ministro. Carlos Lupi afirmou que, por outro lado, a linha de crédito também proporcionará incremento de vendas de motocicletas, ajudando na fabricação de novos veículos, principalmente pelas indústrias localizadas na Zona Franca de Manaus.

Segundo ele, vários pedidos de incentivos para dinamizar as vendas nesse setor chegaram até o governo federal. A nova linha será operada exclusivamente pelo Banco do Brasil e pela Caixa Econômica Federal. Os juros máximos que poderão ser cobrados nos empréstimos foram fixados pelo Codefat de acordo com o prazo de financiamento.
Para empréstimos de até 24 meses, a taxa de juros será limitada em 1% ao mês। No caso de prazo de até 36 meses, o limite dos juros é de 1,46% ao mês e, no caso de empréstimos de até 48 meses, a taxa de juros não poderá ultrapassar 1,90% ao mês.
Fonte: Direito Cidadão.com
Artigos anteriores:

Enviar para o Twitter

Cristovam Buarque não recebe nem nunca recebeu auxílio-moradia

O Senador Cristovam Buarte (PDT-DF) divulgou nesta sexta-feira, 29, declaração que pediu à Secretaria de Recursos Humanos do Senado comprovando que não recebe e nem nunca recebeu auxílio-moradia.
O senador mora há anos no mesmo apartamento da Asa Norte, que adquiriu como professor da Universidade de Brasília.
Já o presidente da casa, o Senador José Sarney (PMDB-AP), que também tem residência em Brasília, falou que o recebimento do benefício foi um "equívoco", alegou que nunca pediu o auxílio e contou não saber que o valor estava sendo depositado.
De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo, O presidente do Senado, recebia mensalmente R$ 3.800,00. José Sarney parece ter adotado a estratégia de outro presidente, o da República - Lula diz não saber da existência do mensalão promovido por seu governo e partido.
Cristovam diz considerar um "absurdo" que parlamentares recebam auxílio-moradia.

Enviar para o Twitter

Novo Enem terá 180 questões em dois dias de exame

O novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá neste ano 180 questões, divididas em quatro áreas de conhecimento. A previsão inicial era de que a prova tivesse 200 questões. Serão dois dias de exame, com dez horas no total.


Pelas regras, a participação na prova também servirá como certificação de conclusão do ensino médio. Além de ser usado para a seleção do ProUni - programa que distribui bolsas de estudo a alunos carentes na rede particular de ensino superior -, o novo Enem vai substituir o vestibular de algumas universidades federais.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pela elaboração da prova, alterou o número de questões de 200 para 180. Porém, isso não foi suficiente para que alunos e coordenadores de cursinhos considerassem o exame menos cansativo. Neste ano, o Inep estima receber cerca de 6 milhões de inscritos, 2 milhões a mais do que em 2008. O número está baseado na procura de estudantes da rede particular de ensino, interessados em concorrer às vagas das universidade federais.

Podem prestar o exame alunos que estejam no terceiro ano do ensino médio e os que já concluíram os estudos em anos anteriores, além dos que cursaram a Educação de Jovens e Adultos (EJA). As inscrições começam no dia 15 de junho e só poderão ser feitas pela internet. As provas, que serão aplicadas nos dias 3 e 4 de outubro, terão caráter voluntário. Somente a partir do próximo ano é que os Estados podem definir pela obrigatoriedade do exame. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Notícias relacionadas:








Enviar para o Twitter

Ideia de 3º mandato para Lula cai por falta de assinaturas

Bombardeada pelo PT e pela oposição, uma proposta que abria brecha para um terceiro mandato presidencial durou poucas horas na Câmara dos Deputados. A proposta de emenda constitucional caducou ontem, depois que vários parlamentares retiraram as assinaturas de apoio à iniciativa.

O deputado Jackson Barreto (PMDB-SE) apresentou a emenda - que convocava referendo sobre a possibilidade de os governantes disputarem duas reeleições - com 194 assinaturas.

Dessas, apenas 183 foram reconhecidas como válidas pela Mesa. O passo seguinte para sepultar o assunto foi a mobilização do PSDB e do DEM, que levou 12 oposicionistas a retirar o apoio à proposta. Com 170 assinaturas, a emenda ficou inviabilizada - 171 é o mínimo necessário para que comece a tramitar. As informações são da Agência Estado.

Foto: Agência Estado

Enviar para o Twitter

Imazon divulga desmatamento da Amazônia nos meses de março e abril

Transparência Florestal da Amazônia Legal (Março e Abril de 2009)

Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia - IMAZON

Em março e abril de 2009, o desmatamento detectado pelo Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) na Amazônia Legal foi 57 quilômetros quadrados e 121 quilômetros quadrados, respectivamente, Isso significou uma redução de 50% em relação a marco de 2008 e de 22% para abril de 2008 .

O desmatamento acumulado de agosto de 2008 a abril de 2009 totalizou 927 quilômetros quadrados. Em relação ao desmatamento ocorrido no mesmo período do ano anterior (3.849 quilômetros quadrados) houve uma redução de 76%.

Em março de 2009, o desmatamento foi maior em Mato Grosso (39%) e Roraima (34%), seguido de Rondônia (13%), Acre (7%), Amazonas (6%) e Pará (1%).

Em abril, 45% do desmatamento ocorreu em Mato Grosso, seguido do Pará com 32% e Roraima com 14% e o 9% restantes no Amazonas, Rondônia e Acre.

Desde setembro de 2008, o SAD também registra a degradação florestal oriunda de áreas que sofreram intensa exploração madeireira e/ou que sofreram fogo florestal de várias intensidades.

De acordo com o SAD, as florestas degradadas alcançaram em marco e abril de 2009 respectivamente 14 e 300 quilômetros quadrados. Em março e abril de 2009, a cobertura de nuvens na Amazônia Legal continua acentuada, correspondendo a cerca de 65% da região, o que pode ter subestimado os dados de desmatamento nesse período. Além disso, a parte do Maranhão que compõem a Amazônia Legal não foi analisada.

Souza Jr, C., Veríssimo, A. & Hayashi, S. 2009.

Enviar para o Twitter

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Leitores do Blog Edmilson Alves tem descontos em produtos

Descontos exclusivos são garantidos com impressão de página

Quinta-feira, 28 de maio, a partir desta data os leitores do Blog Edmilson Alves passam a ter descontos exclusivos em produtos e lojas previamente selecionadas.

O primeiro produto é o sabonete íntimo Dermacyd na Drogaria Popular e Hoje Cosmetics. Nossos leitores pagam R$ 19,99 pelo Dermacyd tendo um desconto de R$ 10,81. O preço para não leitores é de R$ 30,81.

Os itens promocionais oferecidos no blog terão duração indeterminada e poderão ser suspensos a qualquer momento sem nenhum aviso prévio.

Enviar para o Twitter

Acre: leitura é valorizada com evento Bienal do Livro

Rio Branco - a "I Bienal da Floresta do Livro e da Leitura", que ocorre a partir de amanhã, 29 de maio e vai até 7 de junho, na Praça da Revolução Plácido de Castro (praça da prefeitura), promete ser o maior evento de promoção cultural do Acre.

Debates entre jornalistas e escritores, mesas-redondas, sessões de autógrafos, palestras, além de apresentações teatrais e musicais, mostra de cinema com exibição de filmes nacionais com temática ligada à literatura como "Vidas secas", de Graciliano Ramos, e "Macunaíma", de Mário de Andrade. Serão algumas das opções do evento.


A Bienal funcionará das 9h às 11h30 e das 15h às 21h.

Enviar para o Twitter

quarta-feira, 27 de maio de 2009

A FARRA NA CASA DOS BRINQUEDOS

Filosofando

Todas as quintas

Odion Monte

“O poder é de todos”, pensamento “empírico” de filosofia, sonhos e desejos abstratos de uma sociedade onde realmente não houvessem “comandantes e comandados”, onde os direitos realmente fossem iguais, e a divisão da “pizza” pudesse alimentar a todos de forma se não igualitária, mas que onde “mandados” não morressem de fome, enquanto “mandantes” vivem com a pança igual a da jibóia ao engolir a presa por inteira.

Enquanto nas “casas de brinquedos” a farra e soberba, são tão grandes os jetons, as extras, a cara veste que todos fazem questão de usar sem controle e nenhuma timidez, nós os proletariados somos apenas “bonecos de marionetes”, que caminhamos pela força dos “mandantes” que nos amarram pelos seus cordões de guias.

E o “Sol” o nosso maior astro do sistema solar, nos derrete por um período de “setecentos e trinta dias”, pelo simples fato de termos mascado duas caixas de borrachas de chicletes, enquanto castelos são construídos e aceitos pelo nosso “Sol” apenas como se fosse uma obra de arte.

O pensamento “utópico” de que “o poder é de todos”, nem em sonho acontece, a grande verdade é que o poder é para quem tem poder... Se tiver poder viva, se não seja apenas ponderado e aceite a ordem de quem tem poder... Pois enquanto os brinquedos não se cansam de brincar em suas luxuosas casas de brinquedos, nós os “proletariados” somos apenas “ioiôs” que vamos e voltamos até o limite do cordão, que por não sermos “alados” e nem “centauros”, não conseguimos nem voar e nem correr para a liberdade do pensamento filosófico de que “o poder é de todos”, pois se assim o fosse não seriamos apenas “marionetes” ou “ioiôs”, que uma criança brinca da forma que bem entende.

Artigos anteriores:


Odion Monte - contador, especialista em Filosofia Política pela Universidade de Teologia e Filosofia de Rio Branco - Acre (SINAL).É ainda, especialista em Pericia Judicial – UCG – Universidade Católica de Goiás - Bel. em Ciências Contábeis - FIRB/FAAO/AC

Enviar para o Twitter

ProUni abre inscrições para bolsas de estudos

Inscrições até 5 de junho
Ionice Lorenzoni

Estudantes que desejam concorrer a bolsas de estudos do Programa Universidade para Todos (ProUni) podem fazer a inscrição a partir desta quarta-feira, 27, até 5 de junho. As bolsas atenderão estudantes que ingressarem na faculdade no segundo semestre deste ano. São 91.227 bolsas, das quais 57.432 integrais e 33.795 parciais de 50% da mensalidade.
Clique na imagem e faça sua inscrição.

Podem concorrer às bolsas integrais os candidatos com renda familiar de até um salário mínimo e meio, R$ 697,50 por pessoa; e para as bolsas de 50% da mensalidade, estudantes com renda familiar de até três salários mínimos (R$ 1.395,00) por pessoa.

O estudante também precisa atender pelo menos um entre os seguintes critérios: ter cursado todo o ensino médio em escola pública; se em escola particular, na condição de bolsista integral; ser pessoa com deficiência; professor do quadro permanente da rede pública da educação básica. Os professores podem se inscrever para bolsas em cursos de licenciatura, pedagogia ou normal superior e não precisam comprovar rendimentos. Para concorrer, o estudante precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2008.

O Edital nº 5, publicado no Diário Oficial da União nesta terça-feira, 26, informa que na inscrição o candidato deve fazer duas escolhas: o tipo de bolsa (se integral ou parcial) e marcar até cinco opções de instituições de ensino, de cursos, de habilitações ou turno. Já os candidatos com deficiência ou que se autodeclararem indígenas, pardos ou pretos poderão optar por concorrer às bolsas destinadas às políticas afirmativas.

Novidades – O processo seletivo do ProUni para o segundo semestre traz novidades: tem duas etapas de inscrição de candidatos, o que significa dois processos seletivos independentes. As inscrições da primeira etapa vão de 27 de maio a 5 de junho. Depois disso, o sistema do ProUni pré-seleciona e divulga os classificados em primeira e segunda chamadas. Todas as fases da primeira etapa serão concluídas em 15 de julho.

A segunda etapa de inscrição, para candidatos novos ou que ficaram fora da primeira etapa, vai de 20 a 24 de julho. Esta fase também terá duas chamadas e o processo termina em 14 de agosto. As informações para os candidatos e o calendário estão na página do ProUni, além do acesso à ficha de inscrição.

Resultados – Entre 2005 (primeira edição) e 2008, o ProUni colocou no ensino superior privado 540 mil estudantes bolsistas. No primeiro semestre de 2009, o programa ofereceu 156.416 novas bolsas de estudos, das quais 95.694 integrais e 60.722 parciais de 50% da mensalidade. Com as 91.227 bolsas ofertadas no segundo semestre, o ProUni soma este ano 247.643 bolsas.

Enviar para o Twitter

Brasil é 3ª maior origem de dinheiro suspeito

Os brasileiros estão entre os mais investigados e processados na Suíça por lavagem de dinheiro, segundo a Polícia Federal do país. De acordo com os dados oficiais, em 2008, os brasileiros foram a terceira nacionalidade mais processada no país por crimes financeiros.

A Suíça é conhecida por seu sistema de sigilo bancário e por ter um terço de toda a fortuna privada do mundo em seus cofres, cerca de US$ 7 trilhões. Pressionado, o país vem sendo obrigado a iniciar investigações sobre lavagem de dinheiro e corrupção. A evasão fiscal, porém, continua protegida e está provocando um amplo debate no país.

Segundo os dados da Policia Federal suíça, 115 casos de lavagem de dinheiro foram processados em 2008. O Brasil respondeu por 6%, superado apenas pelos italianos e pelos próprios suíços. Os casos envolvendo brasileiros são mais numerosos do que os processos de lavagem de dinheiro em relação à máfia russa ou aos cartéis de drogas da Colômbia. Nigéria e outros países africanos também têm menos casos.

No Brasil, a Operação Suíça e as Operações Kaspar 1 e 2 identificaram várias irregularidades na transferência de recursos de brasileiros para os bancos suíços UBS e Credit Suisse. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Enviar para o Twitter

Álcool já é vendido abaixo de R$ 1 em São Paulo

O preço do álcool ao consumidor já está abaixo de R$ 1 no Estado de São Paulo. Ontem, em um posto de combustível na Marginal Tietê, o litro de álcool era anunciado por R$ 0,99. Pesquisa da Agência Nacional de Petróleo (ANP) revela que o menor preço nos postos de combustíveis do Estado foi de R$ 0,899 o litro, na semana encerrada no último sábado (dia 23). É a menor cotação ao consumidor no País.

São Paulo também lidera o ranking de menor preço mínimo entre as distribuidoras do combustível. De acordo com a mesma pesquisa da ANP, a cotação do litro do produto encerrou a semana passada em R$ 0,71 nas distribuidoras.

O preço do álcool no Estado contrasta com as cotações mínimas nos postos de combustíveis do restante do País, que variaram de R$ 1,21 a R$ 2,15 na semana passada, segundo a ANP.
Representantes dos produtores de álcool, das distribuidoras e dos postos são unânimes em afirmar que a volta da sonegação é o único fator que explica o preço do litro de álcool abaixo de R$ 1. "Não é possível vender o produto por R$ 0,99", diz o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de São Paulo (Sincopetro), José Alberto Paiva Gouvêa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Enviar para o Twitter

Pesquisa mostra Dilma Rousseff com 20% de intenção de voto

Pesquisa foi encomendada pelo PT

A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, aparece com mais de 20% de intenção de voto para presidente da República, segundo pesquisa encomendada pelo PT para as eleições de 2010.

Dilma Rousseff é pré-candidata do PT à sucessão e tem o apoio do presidente Lula.

Dos cinco cenários mostrados pela pesquisa, Dilma Rousseff aparece na frente apenas em um, na disputa com o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), e com a ex-senadora Heloísa Helena (PSOL-AL). No primeiro cenário, o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) aparece com 23%, Dilma Rousseff com 21%, Aécio Neves com 18% e Heloísa Helena com 10%. Os votos brancos e nulos somam 18%.

Sem Aécio Neves, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), aparece em primeiro no segundo cenário, com 36%; seguido por Dilma Rousseff, com 19%; Ciro Gomes, com 17%; e Heloísa Helena, com 8%. Os brancos e nulos somam 19%.

No terceiro cenário, sem Ciro Gomes e José Serra, Dilma Rousseff venceria a disputa com 25%, seguida por Aécio Neves com 20% e Heloísa Helena com 16%. Os brancos e nulos somam 40%.

Este é o único cenário em que Dilma Rousseff venceria a eleição. Sem Aécio Neves e Ciro Gomes, José Serra vence no quarto cenário com 43%. Dilma Rousseff aparece em segundo, com 22%, e Heloísa Helena em terceiro, com 11%. Os votos brancos e nulos somam 24%.

Em uma eventual disputa apenas entre Dilma Rousseff e José Serra, este ganharia com 48% e a petista teria 25%. Os brancos e nulos somariam 37%.

A pesquisa também avaliou a rejeição dos pré-candidatos à sucessão presidencial: Heloísa Helena tem 17%; Aécio Neves, 13%; José Serra, 12%; Dilma Rousseff, 11%; e Ciro Gomes, 9%.

Fonte e autor: Gestão Pública Interativa.com
Foto: O Globo

Enviar para o Twitter

terça-feira, 26 de maio de 2009

Morre a blogueira mais velha do mundo

Planeta Tecnológico
Toda quarta

María Amelia López tinha 97 anos e mais de 500 seguidores

Por Stella Dauer


Não há idade para utilizar a internet, basta ter boa vontade para aprender. María Amelia López sabia disso, e era a blogueira mais velha do mundo, tendo sido acompanhada por mais de 500 leitores e visitadas por 1,5 milhão de pessoas em seus 97 anos. Infelizmente, Maria deixou o mundo, virtual e real, na semana passada.

Apresentada à internet por seu neto em 1995, Maria escrevia sobre suas memórias da guerra civil espanhola, que vivenciou quando criança, e também sobre sua saúde e bom humor. Seus assíduos leitores deixaram homenagens e mensagens de conforto aos familiares em seu blog, noticiou o site Slashdot .

“Tantas pessoas escrevem para mim que eu não posso esperar responder a todas, como eu queria”, disse uma vez, lembrando também que era o neto que espalhava suas palavras pela web. Em uma entrevista dada ao site The Guardian em 2007, Maria diz que a rede “lhe deu uma nova chance de viver a vida”. “Quando eu estou na internet, esqueço de minha doença. A distração é uma coisa boa ser capaz de se comunicar com as pessoas. Acorda o cérebro, e te dá uma grande força”, desabafou em um de seus últimos posts a blogueira nascida em 1911.

De acordo com o The New York Times , Maria se tornou a mais velha blogueira do mundo após a morte de Oliver Riley em Junho de 2008, um australiano de 108 anos. O posto agora pode passar ao ator Kirk Douglas, de 92 anos, que escreve regularmente em sua página do MySpace. Entretanto, o site também lembra de Briton Ivy Bean com 104 anos, que apesar de não ser blogueira, escreve em seu micrblog Twitter todos os dias. As informações são do portal de notícias do Yahoo.

O blog de Maria pode ser encontrado no endereço http://amis95.blogspot.com

Enviar para o Twitter

Conheça o museu da corrupção

Com a finalidade de refrescar a memória do brasileiro, o jornal “Diário do Comércio”, cria museu virtual

É ditado popular que o povo brasileiro, tem “memória curta”, logo esquece os escândalos de corrupção e perdoa os ladrões do dinheiro público.


Para refrescar a memória do brasileiro o jornal da Associação Comercial de São Paulo – Diário do Comércio - resolveu criar um museu virtual dedicado ao tema.

No museu online existem seis salas, entre elas, Cronologia dos Escândalos, Arquitetura da Corrupção e Sala dos Escândalos.

Episódios que marcaram a história do País, como Mensalão, Anaconda e Satiagraha, estão entre os destaques do site.

Pizzaria Zia Ângela destaca-se no museu.

Clique nas imagens e tenha acesso.

Enviar para o Twitter

Medicamentos genéricos representam 18% das vendas


Com dez anos de regulamentação do mercado de genéricos, esses medicamentos representam apenas 18% do mercado farmacêutico no País em unidades vendidas, segundo dados apresentados ontem em São Paulo pelas indústrias, em um evento comemorativo. E a meta do Ministério da Saúde de alcançar um terço do mercado até 2012 pode não se realizar por causa de dificuldades como o fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) (o imposto do cheque que já não vigora mais). Em nações como Estados Unidos e Alemanha, o volume é de 60%.

Se por um lado há espaço para que esse mercado cresça, os preços dos genéricos - que hoje equivalem, em média, à metade do valor dos remédios de marca - só devem cair mais se houver aumento da concorrência, opinam especialistas. Os genéricos são cópias das drogas de marca cujas patentes expiraram. Sua regulamentação no País ocorreu em 1999 e determinou que eles deveriam custar no mínimo 35% menos que os de marca. Também devem passar por testes que confirmem sua bioequivalência em relação aos remédios de marca.


Em 2000, os primeiros genéricos entraram no mercado brasileiro e hoje o volume de produtos quadruplicou. "Podemos celebrar, é uma criança que tem fôlego para seguir andando", disse Odnir Finotti, presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos. Finotti enfatizou o objetivo do setor de alcançar um terço do mercado até 2012, projeção feita no programa estratégico Mais Saúde, do ministério. Mas o secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, Reinaldo Guimarães, advertiu que, com o fim da CPMF, o objetivo terá de ser revisto.


Atualmente o SUS é um importante comprador de genéricos, mas, segundo a indústria, os medicamentos similares, que também copiam drogas de marca, mas sem testes de bioequivalência, são preferidos por garantirem melhor preço em licitações públicas. Finotti informou que os preços dos genéricos poderão cair conforme aumentar a concorrência no setor, mas tanto ele como representantes do governo federal enfatizaram que para determinadas camadas da população a política não garantirá acesso e que isso dependerá da manutenção e expansão dos investimentos estatais na distribuição gratuita. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Ilustração: Portal do Envelhecimento

Enviar para o Twitter

Capacitação: Curso de planejamento em saúde prepara profissionais no Acre


Gildson Góes

O Departamento de Planejamento da Secretaria de Estado de Saúde do Acre- Sesacre- realiza em toda a semana, apartir das 8 horas, no auditório do Hotel Pinheiro, um curso de planejamento em saúde. O objetivo é capacitar e qualificar as equipes técnicas das Secretarias Municipais de Saúde sobre os instrumentos de gestão de planejamento. A solenidade de abertura ocorreu ontem (25).

A realização do evento é uma parceria entre a Sesacre e o Ministério da Saúde, por meio do Sistema de Planejamento do SUS - PlanejaSUS. Participam da oficina representantes dos 22 municípios do Estado, entre eles os secretários municipais de Saúde.

O PlanejaSUS é uma ação que visa orientar os gestores de planejamento para a oferta de ações e serviços que promovam, protejam e recuperem a saúde da população. Busca ainda coordenar os processos de planejamento no âmbito da União, dos Estados e dos municípios, sempre respeitando as diversidades de cada região.

Enviar para o Twitter

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Cepal afirma que Brasil tem maior carga tributária da América Latina

Coluna Direito Cidadão
Todas as terças e sextas

A carga tributária no Brasil corresponde a 36% do PIB do País e é a maior da América Latina, segundo uma pesquisa divulgada na terça-feira passada pela Cepal (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe). Intitulado “O Papel da Política Tributária diante da Crise Global: Consequências e Perspectivas”, o levantamento da Cepal analisou 19 países da região e considerou dados de 2007. A Argentina aparece em segundo lugar, com carga tributária equivalente a 29% do PIB.
No Uruguai, esse percentual é de 24%, no Chile, de 21%, no Peru, de 17%, e no México, de 12%. Em último na relação da Cepal vem o Haiti, com carga tributária correspondente a 10% do PIB. A pesquisa foi apresentada durante o Fórum da Europa e da América Latina, que ocorre até esta quarta-feira em Montevidéu. Os autores, Juan Pablo Jiménez, da Divisão de Desenvolvimento Econômico da Cepal, e Juan Carlos Gómez Sabaini, consultor do organismo, disseram que os países que mais cobram impostos hoje são os "menos expostos" aos efeitos da crise econômica internacional.
Fonte: Direito Cidadão.com
Artigos anteriores:

Enviar para o Twitter

As endemias contemporâneas


Por Maria Otacília

Nos países emergentes, de maneira especial o Brasil, as endemias ocorrem com mais frequência em decorrência da desinformação do povo que desconhece ampla prática de higiene e até mesmo do desleixo de algumas autoridades no assunto.


A vigilância sanitária deveria inspecionar com mais frequência os bares e lanchonetes da cidade, como também os terrenos baldios que estão infestados de ratos transmissores de leptospirose; além disso, existem as moscas e mosquitos causadores de verminoses, malária, dengue e outros.
Rio Branco, a Capital do Estado do Acre, é um grande exemplo disso. Todos os dias são registrados novos casos de dengue e, vez por outra, de leptospirose. Meses atrás, tivemos um caso de leptospirose entre os estudantes universitários. O estudante em questão, no caso uma universitária do 7.º período de Jornalismo do Iesacre, contraiu a doença e quase foi a óbito devido à demora no diagnóstico. Não se sabe como foi a contaminação, apenas que ela ficou com sequelas e ainda está em tratamento médico.

O cuidado com a alimentação é primordial no sentido de evitar a contaminação. As frutas, incluindo o tomate, devem ser lavados muito bem com escova e sabão neutro; e os enlatados também, mesmo que sejam adquiridos em supermercados. As verduras, que serão consumidas cruas, deverão passar por uma higienização cuidadosa. Porém, por mais que tenhamos cuidado, nós ainda corremos o risco de ser contaminados, principalmente com o vírus da dengue, porque alguns proprietários de terrenos baldios não se preocupam com a retirada de lixo, razão porque muitas pessoas estão adoecendo.

Recentemente, mais uma patologia causada pela contaminação de animais contaminados assusta a população mundial: é a gripe suína. No Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e outros estados já estão sendo tratadas pessoas portadoras do mal, infelizmente. Os governantes estão em alerta e providenciando vacinas e outros meios para que a doença não se alastre.

*Maria Otacília de Freitas Ribeiro é acadêmica do 7º período de Comunicação Social – Jornalismo - do Instituto de Ensino Superior do Acre ( IESACRE).
Artigo do mesmo autor:

Enviar para o Twitter

sábado, 23 de maio de 2009

TOLERÂNCIA ZERO

Alfried Karl Plöger


O desonroso quinto lugar como a mais corrupta dentre 22 nações listadas em ranking divulgado recentemente pela ong Transparência Internacional é apenas uma vertente da imensa dificuldade do Brasil de fazer prevalecer a principal guardiã da democracia: a legalidade! Os estados paralelos instalados nos morros cariocas, as facções criminosas que ditam regras nas periferias e presídios das grandes cidades, as transgressões e violência crescente nas invasões de propriedades rurais, os já quase esquecidos mensalão, sanguessugas da saúde e anões do orçamento, a rotina de propinas e a venda de facilidades constituem as gravíssimas pontas do iceberg da improbidade que conspira contra a imagem internacional e interna do País.


No entanto, submersos na inconsciência de muitos, nos interesses de outros, na retórica persuasiva de numerosos políticos, no foco predominantemente econômico destes tempos de crise e na ausência de memória, há numerosos casos, usos e costumes que também desafiam as leis, contrariam a ética e subvertem a relação entre o Estado e a sociedade. Exemplo recente foi o verdadeiro comício promovido pelo Palácio do Planalto, com dinheiro público, para a apresentação da candidatura presidencial da ministra Dilma Rousseff, da Casa Civil, a cerca de 1.500 prefeitos. Ninguém — além dos beneficiários do Bolsa Família, dos que ganharam dinheiro na montagem do portentoso evento e dos bajuladores de plantão — acreditou no caráter administrativo da reunião.

Clique na imagem e leia o conteúdo completo.


Alfried Karl Plöger (marco.passarelle@viveiros.com.br) é presidente da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf) e vice-presidente da Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca).

Enviar para o Twitter

Lula fala sobre a disputa de 2014 ao encerrar viagem


Pela primeira vez, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou a porta aberta para uma eventual candidatura sua às eleições presidenciais de 2014. Questionado em Ancara, na Turquia, se seria candidato a um terceiro mandato daqui a cinco anos, respondeu de forma enérgica: "Isso não seria um terceiro mandato. Isso está na Constituição", declarou.

Mais uma vez, Lula optou por dar sinais contraditórios sobre seu futuro político. "Veja, eu não sei o que vai acontecer em 2010. Como é que vocês querem que eu saiba o que vai ocorrer em 2014? A única coisa que eu quero para 2014 é a Copa do Mundo, o que já está garantido", disse. "O que vai ocorrer na política, só Deus sabe."

Durante sua viagem que terminou ontem pela Arábia Saudita, China e Turquia, Lula reiterou que a partir de 2011 não estará no governo. Na conversa com os jornalistas, reforçou essa ideia: "Desde 1978, estou prometendo para a dona Marisa ficar em casa", brincou. "Quando terminei meu primeiro mandato na presidência do sindicato (dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo), falei que ficaria em casa. Mas depois eu fundei o PT e nunca voltei. Agora é a chance de voltar para casa e cuidar da vida, da família."

Um repórter comentou que Lula ainda estaria jovem para pensar em ficar apenas em casa, cuidando da família. "Por isso mesmo, quando eu estiver velho, ninguém vai me querer", respondeu o presidente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Enviar para o Twitter

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Apreensão: Anvisa e Polícia Federal seguem operação contra medicamentos falsificados

Operação Drágea apreende 50 toneladas de medicamentos em Mato Grosso

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou, nesta semana, uma operação conjunta com a Polícia Federal no estado de Mato Grosso, para coibir a venda de medicamentos controlados clandestinos.

Os fiscais inspecionaram doze distribuidoras de medicamentos, nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande. Quatro empresas foram interditadas cautelarmente, por comércio de medicamentos em desacordo com a Portaria 344/98, que regulamenta a venda de produtos sob controle especial. Os estabelecimentos também estavam distribuindo medicamentos sem registro na Agência.

Na ação, que contou ainda com a participação das vigilâncias sanitárias do estado e dos municípios, foram apreendidas 50 toneladas de medicamentos irregulares. Destes, mais de dez mil caixas eram de medicamentos controlados, como Desobesi, Inibex e Sibutramina [medicamentos utilizados irregularmente para emagrecimento], entre outros.

Durante a operação, os fiscais da Anvisa receberam denúncias de que cinco drogarias estariam comercializando medicamentos controlados irregularmente. Na inspeção nos estabelecimentos denunciados, foram encontrados os seguintes produtos: Cytotec (abortivo proibido no país), Pramil e anabolizantes (contrabandeados), além de Viagra, Cialis e Hemogenin falsificados.

Segundo informações da Polícia Federal, foram efetuadas dez prisões em flagrante, por tráfico de drogas e por crime contra a saúde pública, cujas penas variam de 10 a 15 anos de prisão.

Informações: Ascom/Assessoria de Imprensa da Anvisa

Notícias relacionadas:

ANVISA divulga resultado de operação no Acre

Polícia Federal e ANVISA atuam drogarias em Rio Br...

Enviar para o Twitter

Novas normas do SAC: lei de fato ou de direito?

Coluna Direito Cidadão

Todas as terças e sextas

Egon Coradini

Sempre ouvi falar dos "padrões de direito" e dos "padrões de fato", onde o primeiro é aquele estabelecido e desenvolvido por entidades e organizações oficialmente reconhecidas.
Já o "padrão de fato" é aquele estabelecido pelo mercado ou pela sociedade, que conseguiu por mera adoção ou tolerância ser reconhecido como padrão.No Decreto nº 6.523, de 31 de julho de 2008, o Presidente da República, no uso da atribuição que lhe confere, fixou normas gerais sobre o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) por telefone e estabeleceu uma "Lei de Direito" (perdoem aqui a liberdade poética) que garante uma maior estabilidade nas regras e, em caso de mudança, uma ampla participação de todos os interessados no debate: consumidores, empresas e governo.

Com essa "Lei de Direito", espera-se que o atendimento a clientes e consumidores através do canal telefônico seja aprimorado, e que as garantias oferecidas pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça sejam honradas pelas empresas de call center e telesserviços.

Das ligações para o SAC gratuitas até os "princípios da dignidade, boa-fé, transparência, eficiência, eficácia, celeridade e cordialidade" no atendimento (capítulo III, artigo 8 do decreto presidencial), não dá para negar que estas são todas condutas muito adequadas para esse importante canal de comunicação com clientes e consumidores, porém deverão ser vigiadas por todos e mantidas na categoria das "Leis de Direito", sem tolerância da sociedade e dos órgãos competentes.No Brasil, fala-se muito das leis que "não pegam" e dos culpados, como o poder público, o privado e a conivência da sociedade.

Muitas vezes não só "não pegam", como são imediatamente substituídas pelas "Leis de Fato", ou aquilo que se pode alcançar quando a transferência da ligação não é feita em até sessenta segundos, como se decreta no momento (capítulo III, artigo 10, parágrafo I).

Nós da indústria de tecnologia da informação, e mais especificamente de consultoria e softwares de gestão do relacionamento com clientes (CRM), acreditamos na mudança e já sentimos o impacto no mercado de call center e telesserviços, onde vários de nossos clientes e prospects vêm realizando investimentos em infraestrutura, softwares e capacitação de profissionais para as novas demandas – o que aparentemente aponta para o respeito à "Lei de Direito".

Os softwares para call centers e sua integração à telefonia são os aparatos tecnológicos que garantirão o nível dos serviços e as condições impostas pelo decreto. Sem esse tipo de tecnologia, a rápida identificação dos recursos humanos mais adequados ao atendimento, a automação na geração e controle das atividades e a definição dos prazos de resolução seriam improváveis. De qualquer forma, o fator humano continua sendo decisivo.

Quando a tecnologia chega ao seu limite, entra em cena o profissional de atendimento capacitado, que entende a demanda dos clientes, que conhece o dia-a-dia da empresa e que respeita a nova regulamentação.Que vença a "Lei de Direito", pois decreta um patamar mais elevado e não impossível de conduta e respeito nas relações de consumo.

Fonte: Call To Call News

Artigos anteriores:

Lei que obriga planos a custear vasectomia e laque...
Minha casa, minha vida: Quem tem nome sujo pode pa...
Dívidas Impagáveis
Crédito consignado exige cautela
Cliente que desiste de consórcio receberá parcelas...
Transparência
Consumidor que pede revisão de conta não pode ter ...
Mesmo com dívida, consumidor pode cancelar o cartã...

Enviar para o Twitter

quinta-feira, 21 de maio de 2009

"A realidade se forma em volta do compromisso"

Mensagem do dia

22 de maio de 2009

Dia do Apicultor

Fonte: minha agenda pessoal, impressa por Zamberetti Ltda.

Enviar para o Twitter

Até quando, meu Deus?




Prefeito de Sena Madureira, Nilson Areal. Salário superior ao do presidente Lula.

Jaidesson Peres

Começo este artigo citando um dos maiores filósofos da Antiguidade e que continua a influenciar até hoje o pensamento ocidental. Para Aristóteles, “considera-se como injusto aquele que viola a lei, aquele que toma mais do que lhe é devido, como também aquele que viola a igualdade, de sorte que, evidentemente, o homem justo é, portanto, o que observa a lei e respeita a igualdade”.
Aristóteles revela ainda: “Somente a justiça, entre todas as virtudes, é o ‘bem de um outro’, visto que se relaciona com o nosso próximo, fazendo o que é vantajoso a um outro, seja um governante, seja um associado. Ora, o pior dos homens é aquele que exerce a sua maldade tanto para consigo mesmo como para com os seus amigos, e o melhor não é o que exerce a sua virtude para consigo mesmo, mas para com um outro; pois que difícil tarefa é essa”.

Refletindo sobre as palavras do filósofo, depreende-se que a justiça, “a estrela mais brilhante de uma constelação”, está longe de concretizar-se plenamente em nosso meio. A Cidade justa, tão sonhada por Aristóteles, não passa de uma Cidade injusta, que é aquela onde o governo está nas mãos dos que não pensam no bem da polis e lutam por seus interesses particulares, pela honra ou pela glória.

Sena Madureira, minha amada cidade natal, vive atualmente um momento catastrófico em sua política. Pessoas picaretas, muitas ascendidas ao poder por causa da enorme estrutura econômica que as acompanha, há tempos enganam, roubam e manipulam um povo tão sofrido, trabalhador e honesto.

Nas eleições de 2008, testemunhamos a falta de ética e escrúpulo de um político que é acusado de usar o nosso dinheiro para pagar as despesas de campanha eleitoral, especificamente de um comitê eleitoral. Nem se fala ainda de alguns cheques da Câmara Municipal os quais foram ao espaço, sumiram simplesmente.

O prefeito de Sena Madureira sabe muito bem que, embora seja protegido por um poderoso grupo político do Estado, deverá responder e explicar-se sobre um caminhão que foi retido cheio de telhas, a serem entregues aos eleitores. Além disso, espera-se da Justiça uma resposta plausível sobre as supostas fraudes no resultado das últimas eleições, sendo que, ao serem cruzadas as informações dos livros de assinaturas dos eleitores, foram encontrados casos de pessoas que assinaram a lista em 2006, mas colocaram a digital no ano passado, como se fossem analfabetas. Em algumas seções, os eleitores votaram, porém não assinaram o livro; em outras, as assinaturas simplesmente não conferem.

Para completar o caos, o audacioso prefeito, administrador de um município com cerca de 40 mil habitantes e com a maioria da população situada na linha de pobreza, aumentou seu próprio salário, de 9 mil reais, para 14 mil reais. Chega a ganhar agora mais que o prefeito de São Paulo (R$ 9.339,04), mais que o governador de Minas Gerais (R$ 10.500) e, vergonhosamente, mais que o presidente Lula (R$ 11.420,21).

Sinceramente, como sena-madureirense, sinto-me envergonhado. Meus pais e toda a minha família, moradores em Sena Madureira, não merecem viver sob a custódia de gente tão irresponsável e indecorosa. Ao mesmo tempo em que estes governantes pensam no bolso deles e empregam membros da família no poder público, milhares de famílias são vítimas dos traficantes nas periferias, as crianças prostituem-se, as ruas estão encobertas pela lama, a nossa floresta é concedida para a destruição, as escolas não têm merenda e os postos de saúde não oferecem medicamentos.

O prefeito, que já foi acusado pelos seus atuais aliados de sucatear a Fundhacre e já foi secretário de Normando Sales - ex-prefeito que fugiu de Sena debaixo de ovos -, precisa refletir acerca de seus atos e, para o bem de todos, abdicar do cargo que lhe foi confiado, isto é, se os 9.555 votos existiram realmente.

Os cidadãos de Sena Madureira não podem permanecer inertes, acomodados. Devemos salvar a nossa cidade do perigo. Urge-nos fiscalizar, criticar e protestar contra qualquer tipo de desmando e banditismo em relação aos cofres públicos, visto que nestes está o dinheiro oriundo de nosso suor.


*Jaidesson Peres, 19 anos, é natural de Sena Madureira e acadêmico do 5º período de Comunicação Social/Jornalismo, do Instituto de Ensino Superior do Acre- Iesacre.
jaidessonperes@hotmail.com

Enviar para o Twitter

Consórcio informa que obras na Usina de Jirau estão suspensas

Sabrina Craide e Luana Lourenço

Brasília - As obras da Usina Hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira (RO), estão paralisadas desde ontem (19). De acordo com o consórcio Energia Sustentável do Brasil, responsável pelo empreendimento, a licença de instalação parcial emitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em novembro do ano passado, expirou na última segunda feira (18).

O consórcio admite que a paralisação compromete o cronograma de obras e o compromisso assumido com o governo federal de iniciar a geração de energia no primeiro semestre de 2012. Segundo a assessoria de imprensa do consórcio, a empresa realizou mais de 98% dos serviços autorizados pela licença, como a construção de ensecadeiras.

A licença parcial emitida pelo Ibama autorizava apenas os trabalhos no canteiro de obras da hidrelétrica e a construção de ensecadeiras, que servem para desviar o rio enquanto as turbinas da usina são instaladas. Para dar continuidade às obras, o empreendimento ainda precisa de uma licença de instalação definitiva, que deve ser emitida pelo Ibama.

A assessoria de imprensa do Ibama informou hoje (20) que a emissão da licença de instalação definitiva depende de documentos que ainda não foram entregues pelo consórcio, como a anuência do governo do estado de Rondônia e um termo de compromisso com o estado e com a prefeitura de Porto Velho.

Hoje (20), o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, disse que o consórcio ainda deve realizar algumas compensações e mitigações previstas nas licença do empreendimento. Segundo ele, ainda não foram realizados projetos para habitação popular e saneamento.

A expectativa do ministro é que até o fim desta semana as questões possam ser resolvidas. “O mais importante para as obras continuarem é a questão das compensações e mitigações averbadas na licença de instalação e na licença prévia e que, segundo o prefeito de Porto Velho e o governador de Rondônia, o consórcio não está se comprometendo.

São ações de saneamento e habitação popular, que não precisam estar prontas para a licença de instalação, mas tem que haver pelos menos projetos”, disse Minc. A Usina Hidrelétrica de Jirau terá uma potência de 3,3 mil megawats (MW) e uma energia assegurada de 1,9 mil MW médios, suficientes para abastecer quase 10 milhões de casas. O custo total da obra está orçado em R$ 9 bilhões.
Agência Brasil

Enviar para o Twitter

Modelos negros terão cota de 10% em desfiles

O Ministério Público de São Paulo e a organização do São Paulo Fashion Week - maior evento de moda do País - fecharam ontem um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) que prevê cota para a participação de ao menos 10% de modelos negros nas passarelas. O documento prevê multa de R$ 250 mil caso as grifes não cumpram a medida. A empresa Luminosidade Marketing & Produções Ltda., que coordena os desfiles da SPFW, comprometeu-se a comunicar a todas as marcas participantes do evento a inclusão de afrodescendentes, com antecedência mínima de 15 dias a cada edição.

TAC é resultado do inquérito civil instaurado pelo Grupo de Atuação Especial de Inclusão Social (Gaeis) do Ministério Público desde o ano passado, após a constatação de que os desfiles de moda da São Paulo Fashion Week tinham um número muito reduzido de modelos negros ou indígenas. No documento, a SPFW também se compromete a encaminhar para o Ministério Público, no prazo de 30 dias após cada edição, durante dois anos, a comprovação de cumprimento da cláusula. "Não se trata de querer impor uma cota racial, mas de promover a inclusão social nesse segmento", ressalta a promotora de Justiça e coordenadora do grupo, Deborah Affonso.

Segundo a promotora, na hipótese de impossibilidade de cumprimento da recomendação, a grife poderá apresentar justificativa, que será analisada pelo Ministério Público. Helder Dias, diretor da HDA Models, que agencia 250 modelos negros, diz que a decisão do MP é positiva, já que, na moda, "o preconceito é escancarado." A novidade no SPFW também animou a modelo Juliana Nepomuceno, que apesar de ter completado 18 anos agora, já tem no currículo campanhas na Ásia e Europa. "O preconceito existe em todo lugar, mas é no meu País, marcado pelas diferenças, que eu encontro mais dificuldade para trabalhar", diz.
Fonte e autor: Yahoo

Enviar para o Twitter

O efeito da educação no bolso do trabalhador brasileiro

Salário sobe 15,07% para cada ano de estudo, diz pesquisa

Wagner Gomes


Pesquisa da Fundação Getulio Vargas, feita a pedido do Instituto Votorantim, comprova o efeito da educação no salário do trabalhador brasileiro e aponta os prejuízos de uma trajetória escolar interrompida. Cada ano de estudo que o brasileiro acumula no currículo possibilita salto médio de 15,07% no salário.

Marcelo Neri, coordenador do Centro de Políticas Sociais da FGV e responsável pela pesquisa, disse que os dados mostram a necessidade de os jovens e seus pais investirem em educação:

- O Brasil é um dos países do mundo que apresentam o maior retorno da educação.

Segundo Neri, os dados revelam que, no Brasil, o salário de uma pessoa sem instrução tem incremento de 6% quando ela alcança um ano de estudo. Um brasileiro com 15 anos de estudo, que corresponde ao ensino superior completo, passa a ganhar 47% a mais quando agrega a seu currículo mais um ano de estudo.

Ontem, o Instituto Votorantim lançou projeto de debate sobre a educação pública em 88 cidades de 18 estados onde a empresa atua. A ideia é levar professores, educadores e pais a discutirem as políticas públicas de educação. A empresa treinou 50 funcionários para ajudar os municípios a implementar metas estabelecidas pelo Ministério da Educação e pela sociedade civil. O projeto tem o aval de MEC, Movimento Todos pela Educação, Grupo de Institutos Fundações e Empresas e Canal Futura.

Enviar para o Twitter

Propaganda de medicamentos: Anvisa esclarece itens da norma

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nesta quinta-feira (21), uma Instrução Normativa (IN nº 5/2009) que detalha alguns itens da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) de número 96, relativa a propaganda de medicamentos. Foi publicada ainda uma resolução (RDC nº23/2009) que altera pontos da RDC 96.

De acordo com a Instrução Normativa (IN), a indústria farmacêutica poderá manter a distribuição de brindes institucionais, desde que estes materiais não tragam propaganda de medicamentos, bem como publicações utilizadas para atualização profissional.

Além disso, a instrução esclarece que as listas de Preços Fábrica (PF) e Preços Máximos ao Consumidor (PMC), reguladas pela Lei nº 10.742, de 6 de outubro de 2003, não estão sob a regulamentação do artigo 18 da RDC 96/2008. Esse artigo trata de materiais que as drogarias produzem para divulgar seus preços diretamente ao consumidor.

Já a resolução publicada altera o artigo 25 da RDC 96/2008. Esse artigo limitava a veiculação de propagandas de medicamentos nos intervalos de programas destinados a crianças e adolescentes. Somente ficou mantida a restrição para o público infantil.

A RDC 96 foi publicada em dezembro passado e passará a vigorar no dia 16 de junho, 180 dias após a sua publicação.

Informações: Ascom/Assessoria de Imprensa da Anvisa

Enviar para o Twitter

Prouni - instituições podem firmar termo de adesão até sexta, 22

Foi prorrogado até sexta-feira, 22, o prazo para as instituições de educação superior interessadas em participar do Programa Universidade para Todos (ProUni) firmarem o termo de adesão, por meio de suas mantenedoras.
As instituições que já aderiram devem emitir o termo aditivo para a oferta de bolsas no processo seletivo do segundo semestre de 2009.
A adesão deve ser feita exclusivamente por meio do Sistema do ProUni (SisProuni).
Os procedimentos operacionais estão disponíveis na Portaria nº 4, publicada no Diário Oficial da União de 17 de abril.
Assessoria de Imprensa da Sesu

Enviar para o Twitter

Enade 2009 - avaliação deve prestigiar quem oferece ensino de qualidade


Prestigiar as instituições de ensino que oferecem educação de qualidade, a partir da consolidação de uma cultura de avaliação, foi uma das ideias defendidas na segunda-feira, dia 18, no ciclo de seminários regionais do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2009. Mais de 200 coordenadores de curso e representantes de instituições de educação superior participaram do encontro.

A defesa das instituições que oferecem um serviço qualificado foi feita pela diretora de avaliação da educação superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Iguatemy Maria de Lucena Martins. Ela falou sobre o Enade no contexto do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Segundo ela, o desafio é consolidar uma cultura de avaliação na graduação que não seja punitiva para as instituições, mas que sirva para prestigiar aquelas que oferecem educação de qualidade. “Devemos ter padrões mínimos de qualidade, indicadores de diagnósticos, instrumentos e procedimentos para avaliar”, disse. “Desse modo, conseguiremos resultados da qualidade.”

O Inep avalia mais de 27 mil cursos de graduação em todo o país. Segundo Iguatemy, o Enade apresenta tendência de crescimento na participação dos estudantes. “Em 2008, tivemos o maior índice desde a primeira edição, em 2004”, destacou.

Os aspectos legais do exame e os indicadores de qualidade verificados a partir dos resultados também foram debatidos. O coordenador-geral do Enade, Webster Spiguel, destacou a importância dos relatórios produzidos a cada edição. “Todos têm um foco diferente, mas reúnem informações valiosas sobre a participação da instituição, dos cursos e dos alunos”, disse.


Áreas — O encontro foi o primeiro de uma série que se realizará até junho em todas as regiões do país. O Inep espera reunir 2,3 mil instituições com registro de curso nas áreas que serão avaliadas em 2009 pelo Enade — administração, arquivologia, biblioteconomia, ciências contábeis, ciências econômicas, comunicação social, design, direito, estatística, música, psicologia, relações internacionais, secretariado executivo, teatro e turismo; cursos superiores de tecnologia em design de moda, gastronomia, gestão de recursos humanos, gestão de turismo, gestão financeira, marketing e processos gerenciais.


Assessoria de Imprensa do Inep

Enviar para o Twitter

O QUE NÃO ENXERGAMOS POR TRÁS DA “MAQUIAGEM”

Filosofando
Todas as quintas

Odion Monte

Quando assistimos a um filme, ou uma novela, com lindas e belas mulheres, não imaginamos que por trás da “maquiagem” que usam as atrizes e atores, pode haver uma feia mulher, ou um homem sem nenhuma beleza, escondendo pequenos defeitos pela maquiagem, mesmo assim vivemos assistindo os filmes as novelas que nos encantam todos os dias na telinha da nossa sala, ou na tela gigante das poucas salas de cinema que temos na Cidade.

Mas o que mais nos encanta são as belezas das nossas praças que nossos governantes gastam centenas de milhares de reais, para embelezá-las, ou ainda os lindos prédios públicos, as lindas bibliotecas, a renovação de antigos mercados, a reforma das pontes, a imensa queima de fogos nas festas natalinas que abrilhantam os céus no dia vinte e cinco de cada dezembro, nos deixando totalmente “míopes” ao ponto de não conseguirmos enxergar os pequenos pontos miseráveis que nessas belezas se escondem. Que junto com nossos filhos e familiares aos domingos à noite passeamos sem nada perceber.

As ruas dos centros da Cidade, todas asfaltadas com calçadas bonitas, onde a noite os tratores varredores passam para limpar a sujeira do dia que a população deixou durante suas mal educadas passadas, sem ao menos se incomodar com a sujeira que atiram ao chão, os papeis, as pontas de cigarros, as borrachas de chicletes, o “côcô” dos seus cachorros que levam para passear, pois sabem com certeza que logo alguém vai limpar. Tudo isso é bela mais horrenda são nossas periferias, sem calçadas, sem ruas asfaltadas, sem limpeza, com uma imensa sujeira, que é necessário que os “urubus” desçam para poder limpar, o que seria dos bairros periféricos se não fossem eles para retirar a podridão que às acerca.

E o quanto ganha um parlamentar, seja, Municipal, Estadual ou Federal, para estar o dia inteiro, com o “rabo” sentado em uma cadeira no ar condicionado, discutindo não se sabe o quê, mas com suas lindas vestes e seus luxuosos carros e com toda a segurança, passeiam por toda a Cidade, enquanto que os “proletariados” que ganham um salário de miséria andam no “busao”, e ainda são roubados no dia dos seus pagamentos por falta de quem os protejam.

É uma linda “maquiagem” a que se apresenta nos centros da nossa Cidade, tal qual a “maquiagem” das atrizes e atores de televisão, mas que cobre por trás dela toda a realidade da miséria que se esconde nos bairros periféricos. Já que essa “miopia” é imensa, vamos botar óculos de graus em quem votamos, quem sabe assim eles possam enxergar a grande miséria escondida por esta “maquiagem”...


Artigos anteriores:




Odion Monte - contador, especialista em Filosofia Política pela Universidade de Teologia e Filosofia de Rio Branco - Acre (SINAL).É ainda, especialista em Pericia Judicial – UCG – Universidade Católica de Goiás - Bel. em Ciências Contábeis - FIRB/FAAO/AC.


Enviar para o Twitter

quarta-feira, 20 de maio de 2009

"A medida da vida não é a sua duração, mas a sua doação"

Mensagem do dia

21 de maio de 2009

Dia da língua nacional.

Fonte: minha agenda pessoal, impressa por Zamberetti Ltda.

Enviar para o Twitter

ANVISA: Validação dos arquivos do SNGPC está normalizada

Agência Nacional Vigilância Sanitária – ANVISA – instalou novos servidores de Internet no último final de semana. Os servidores de banco de dados foram instalados com sucesso e já está em operação, o que permitiu a normalização da validação dos arquivos XML.

Os arquivos em atraso devem ser enviados sequencialmente, um após a validação do outro. O período de cada arquivo não pode ser superior a sete dias.

A validação que demorava até quinze dias, agora não ultrapassa dois. O que permite atualizar todas as transmissões em atraso. Arquivos muito grandes sempre levarão mais tempo para serem validados. Portanto, é importante dividir os arquivos em períodos menores de movimentação para propiciar o processamento mais rápido.
SNGPC

SNGPC é o Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados – sistema digital responsável pelo controle de medicamentos pscotropicos, aqueles em que é obrigatório o arquivamento da receita medica por farmácias e drogarias. Dados do paciente, comprador e médico são informados eletronicamente à Anvisa.


Notícias relacionadas:
Ferramentas do site da Anvisa ficarão indisponívei...
ANVISA promete validar arquivos do SNGPC que estão...

Enviar para o Twitter

O Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo estuda tirar do ar o quadro "Pergunte para Maisa".


Folha Online


Depois de chorar por dois domingos seguidos no "Programa Silvio Santos", a menina Maisa Silva voltou a ocupar o noticiário pela forma como o apresentador Silvio Santos a trata no vídeo. Ela completa sete anos nesta sexta-feira.

O Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo está estudando tirar do ar o quadro "Pergunte para Maisa".

Clique na imagem e leia conteúdo completo.

Notícias relacionadas:

Enviar para o Twitter

Instituto Butantã vai produzir vacina da gripe suína


O Instituto Butantã vai produzir a vacina da gripe suína, com ou sem a autorização do governo federal. A ideia inicial é produzir 100 mil doses, mas o total pode chegar a 1 milhão se o vírus se espalhar no País. Ontem, a entidade foi uma das poucas farmacêuticas convidadas pelo secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, para uma reunião em Genebra para montar uma estratégia de produção da vacinas contra o vírus A (H1N1).

Mas o encontro mostrou que não há acordo sobre como entregar as vacinas aos países pobres nem quais seriam os preços. Os únicos que prometeram ajudar a formar estoques de vacinas na ONU foram as empresas dos países em desenvolvimento. As multinacionais mantiveram seus planos em sigilo. Para o diretor do Butantã, Isaias Raw, a reunião deixou claro que existe um "monopólio" na produção de vacinas. "Há um lobby para impedir que haja uma queda nos preços das vacinas. Esse grupo é pior que o dos produtores de petróleo", disse.
Durante o encontro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) iniciou negociações para garantir não apenas um preço adequado para as vacinas, mas uma garantia de que os países pobres terão acesso aos produtos. A decisão sobre o início da produção não foi tomada e alguns alertam que o dilema é se essa fabricação geraria interrupções no abastecimento de vacinas para a gripe sazonal. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Enviar para o Twitter

Pagamento a bolsistas do ProUni atrasa até 4 meses

Bolsistas do Programa Universidade para Todos (ProUni) com direito à auxílio permanência no valor de R$ 300 mensais estão esperando de três a quatro meses, todos os semestres, para receber o dinheiro. O auxílio é dado a alunos carentes de cursos com carga horária elevada (acima de 6 horas/dia), como Medicina. O objetivo é pagar gastos com moradia, alimentação, transporte, livros e assim permitir que estudantes de baixa renda terminem a faculdade.

O primeiro pagamento do auxílio permanência foi feito na semana passada - referente aos meses de fevereiro, março e abril. Segundo o Ministério da Educação, o atraso acontece porque os repasses são feitos na mesma data para todos os bolsistas do País após todas as faculdades terminarem o vestibular.

Ou seja, mesmo quem já estava no programa e cursa o 2º ou 3º ano, não pode receber o dinheiro enquanto não houver uma lista final de todos os novos ingressantes. O ProUni dá bolsa integral e parcial em instituições particulares para alunos com renda familiar de até 3 salários mínimos. O MEC diz que pretende mudar o sistema para que os depósitos sejam feitos sem atraso a partir do próximo semestre. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Enviar para o Twitter

"Não receie crescer devagar, só tenha medo de permanecer imóvel".

Mensagem do dia

20 de maio de 2009

Dia do Comissário de menores;
Dia nacional do medicamento genérico.

Fonte: minha agenda pessoal, impressa por Zamberetti Ltda.

Enviar para o Twitter

terça-feira, 19 de maio de 2009

Twitter – A nova febre da Internet

Planeta tecnólogico

Toda quarta

Ana Carla Arruda

O Twitter é uma rede social que permite que os usuários enviem atualizações pessoais, considerado o novo serviço de troca de mensagens pela internet. Criado em 2006, decolou no ano passado e já tem 6 milhões de usuários no mundo. O Twitter pode ser entendido como uma mistura de blog e celular. As mensagens são de 140 toques, como os torpedos dos celulares, mas circulam pela internet como os textos de blogs. Em vez de seguir para apenas uma pessoa, como no celular ou no MSN, a mensagem do Twitter vai para todos os “seguidores” – gente que acompanha o emissor. Podem ser 30, 300 mil seguidores.

O Twitter realmente começou no contexto de acompanhar a vida do seu amigo, ou colega de trabalho. Quase um diário de adolescente. Por isso, estampa até hoje, sobre a caixa de texto onde você digita, a pergunta : “What are you doing now ?”.

Mas o Twitter foi descoberto pelos blogueiros e jornalistas, que começaram a usá-lo para atualizações freqüentes de informações, com links e fotos, num conceito chamado de microblogging.

Isso fez com que novos adeptos surgissem, e se juntassem a uma multidão que incluem vários jornalistas e blogueiros brasileiros.

Uma das vantagens do Twitter é a rápida atualização, a possibilidade de seguir quem você quer, e mais importante: a facilidade de usá-lo com Black Berry, I-Phone ou outros SmartPhones.
No final, o Twitter virou um grande blog coletivo, atualizado por dispositivos Mobile, e que permite a você seguir informações de modo quase on-line.

O Twitter está se transformando em um fenômeno de mídia social e microblogging no Brasil. E já permite diversas ações de Marketing Viral e Marketing de Conteúdo.

Segundo dados da consultoria americana Compete, especializada em estatísticas para a internet, o número de usuários saltou de 600 mil para 6 milhões em um ano. É a rede social que mais cresce nos Estados Unidos.

Como usar o Twitter?

Primeiro você precisa se cadastrar. Para isso, basta acessar https://Twitter.com/login.
O site é em inglês, mas é bem básico. Coloque seu nome e na tela de usuário, coloque um nome fácil das pessoas lembrarem, pois caso elas queiram mandar uma resposta para você, elas irão precisar digitar seu nome.

A única coisa que você tem que fazer é colocar uma mensagem que diz: 1 O que você está fazendo, ou 2 Algo que você está vendo ou 3 Algo que você quer fazer ou até 4 Algo que você quer que os outros vejam.

Essa mensagem vai ficar aparecendo como sua mensagem atual e será enviada para todos os seus seguidores (followers). O Twitter também é social, ou seja, você também pode guardar seus amigos, tornando-se assim um follower (seguidor). Toda vez que seu amigo mudar a mensagem dele, você irá receber a mensagem na sua página do Twitter.

Assim, o Twitter vem se tornando mais uma febre da Internet.


Ana Carla é Analista de Sistemas, formada pela Universidade Federal do Acre – UFAC.Pós-graduada em Administração de Sistemas de Informação pela UFLA e em Desenvolvimento WEB pela FASB.Carla é, ainda, professora das faculdades: Instituto de Ensino Superior do Acre – IESACRE e União Educacional do Norte - UNINORTE

Enviar para o Twitter

Leitores dizem “não” à legalização da maconha

64% dos leitores, que votaram na enquete: Você é à favor da legalização da maconha? discordam do movimento mundial que luta pela liberação da maconha. 35% acreditam que a erva deve ser liberada. A enquete foi encerrada na madrugada desta terça-feira, 19 de maio.

No último dia 9 de maio 250 cidades em todo o mundo, entre elas, Rio de Janeiro e Porto Alegre, realizaram a “Marcha da Maconha”. Querem a liberação da erva.

Dados: SIM (6 - 35%) Não (11 – 64%) Total: 17.

Enviar para o Twitter

segunda-feira, 18 de maio de 2009

"Hoje é sempre o dia certo de fazer as coisas certas de maneira certa. Amanhão será tarde".

Mensagem do Dia

19 de maio de 2009


Dia dos acadêmicos de direito;
Dia do Esportista.


Fonte: minha agenda pessoal, impressa por Zamberetti Ltda.

Enviar para o Twitter

Lei que obriga planos a custear vasectomia e laqueadura entra em vigor

Coluna Direito Cidadão
Todas as terças e sextas

A lei que obriga os planos de saúde a cobrirem procedimentos médicos de concepção já está em vigor. Entre os procedimentos que poderão ser cobertos estão as cirurgias de vasectomia e laqueadura e a implantação do DIU. O texto foi publicado na edição de terça-feira (12) do Diário Oficial da União, após sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Agora, quem quiser fazer uma fertilização assistida, por exemplo, vai poder contar com a cobertura de planos privados. Há cerca de um ano, a Agência Nacional de Saúde Suplementar determinou a cobertura para procedimentos de contracepção, mas, até a publicação da lei, não havia regras para o caso de métodos de concepção.

Está previsto também atendimento de urgência para acidentes pessoais ou complicações durante a gravidez, além da emergência para os casos em que o paciente corre risco imediato de vida ou lesão irreparável, mediante declaração do médico assistente.

Fonte e autor: http://www.direitocidadao.com.br/

Artigos anteriores:
Minha casa, minha vida: Quem tem nome sujo pode pa...
Dívidas Impagáveis
Crédito consignado exige cautela
Cliente que desiste de consórcio receberá parcelas...
TransparênciaConsumidor que pede revisão de conta não pode ter ...
Mesmo com dívida, consumidor pode cancelar o cartã...

Enviar para o Twitter

MEC explica habilidades do novo Enem

Com a nova matriz é possível estudar para o ENEM 2009


O Ministério da Educação disponibilizou documento explicando as habilidades que serão cobradas no Novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A matriz, que vai funcionar como guia para elaboração da prova, está organizada em quatro áreas, sendo elas: linguagem, ciências da natureza, ciências humanas e matemática.

O MEC aposta no novo Enem como instrumento que ajude a reestruturar o currículo do ensino médio. Caberá ao Comitê de Governança do novo Enem, do qual fazem parte o MEC, secretários estaduais de educação e reitores de universidades aprimorar as próximas provas.

Baixe o arquivo em PDF.
Clique em: matriz de habilidades do novo Enem.

Enviar para o Twitter

Jornalistas dão ênfase à ética na formação profissional

A sólida formação humanística e ética para o profissional de comunicação está entre as propostas apresentadas nesta segunda-feira, dia 18, em São Paulo, na terceira audiência pública para a revisão das diretrizes curriculares dos cursos de jornalismo.
A comissão de especialistas designada pelo Ministério da Educação para proceder à revisão recebeu, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), as contribuições de representantes da sociedade civil organizada.

Entre os jornalistas convidados, o jornalista Caio Túlio Costa destacou a mudança radical na maneira de fazer comunicação no país. “É fundamental que o ensino do jornalismo acompanhe essas transformações, o que não significa privilegiar apenas a formação multimídia, mas uma sólida formação humanística e ética”, afirmou. Costa propôs a formação complementar em jornalismo para profissionais oriundos de outros cursos.

O também jornalista Eugênio Bucci ressaltou que o trabalho de revisão das diretrizes não deve ser visto apenas pela ótica corporativa. “Deve-se identificar as mudanças a serem enfrentadas pela profissão, mas levando em consideração o interesse da população e da democracia de modo geral, não apenas as mudanças que interessam aos próprios jornalistas”, disse.

O representante do site Observatório da Imprensa, Luiz Egypto, fez algumas ressalvas sobre a abordagem conferida ao papel desempenhado pelas novas tecnologias. “Os novos meios e a crescente utilização dos recursos multimídia na produção de notícias não asseguram automaticamente a democratização da informação. É preciso garantir uma leitura crítica do que é veiculado e as condições de produção”, destacou.

A comissão de especialistas deve concluir o trabalho até agosto.
Assessoria de Imprensa da Sesu

Enviar para o Twitter

"A educação, se bem compreendida, é a chave do progresso moral".

Mensagem do dia

18 de maio de 2009

Dia dos vidreiros;
Dia do combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e dos adolecentes.


Fonte: minha agenda pessoal, impressa por Zamberetti Ltda.

Enviar para o Twitter