quinta-feira, 12 de março de 2009

Lula lembra dificuldades de liberação das hidrelétricas do Madeira

Por Edmilson Alves

Em cerimonial no canteiro de obras da Hidrelétrica de Jirau, em Porto Velho, há cerca de 30 minutos. O Presidente lembrou-se das dificuldades de licenciamento das obras de construção do complexo hidrelétrico de Rondônia.

Sem citar o nome da ex-ministra do Meio Ambiente - Marina Silva, mas fazendo uma clara referência a acriana, Lula comparou o projeto ao um filho que deu muito trabalho para nascer. “Esse projeto do Rio Madeira é pra mim como se fosse um filho desse País. Passou nove meses e não nasceu. E era problema pra desgraça. E ai no médico e, o médico dizia que tinha problema de IBAMA. Que tinha problema deste, que tinha problemas de não sei das quantas. Ou seja, era um parto daqueles”. Disse o mandatário da nação brasileira.

O presidente digire-se agora para o canteiro de obras da segunda hidrelétrica, a de Santo Antônio.

Enviar para o Twitter

2 comentários:

Anônimo disse...

meu Deus "acriana" assim não aguento.

Edmilson Alves disse...

Para os desavisados:

A correta grafia, segundo a norma culta da língua portuguesa, para as palavras: “acriano e acriana é exatamente com a vogal “i” e não com a vogal “e”.

Acreano ou acreana com a vogal “e” é norma popular.